sábado, 18 de setembro de 2010

SOLUÇÕES PARA OS SINTOMAS DA ASCENSÃO



SOLUÇÕES PARA
OS SINTOMAS DA ASCENSÃO
Por Jelaila Starr
22 de Março de 2002




O objetivo deste artigo é fornecer respostas sobre o porquê de nossa saúde ser afetada durante o processo de ascensão, bem como dar algumas soluções relacionadas a nossa saúde.

Depois de alguns anos no Caminho da Ascensão, me dei conta de que ascender tem um preço.

Alcançar um nível de consciência elevado não se consegue por osmose, requer compromisso, diligência e um pouco de sacrifício. Mas, eu sinto que a recompensa de ascender tem vantagens que superam amplamente a dor de chegar ali.

Houve momentos nos quais questionei minha sensatez enquanto caminhava nesta jornada, confrontando meus medos em cada ocasião. Perdi muitos amigos, me afastei de trabalhos lucrativos e sofri de muita dor em meu coração e uma intensa solidão. Entretanto, nada disso é comparável com a devastação que senti ao perder minha saúde. Sempre acreditei que, enquanto tinha saúde, podia enfrentar tudo.

Desafortunadamente, não dispomos de um manual sobre como ascender, detalhando os prós e contras e explicando os passos. Como resultado, muitos de nós, incluindo eu mesma, nos encontramos aturdidos e confusos pelo grau de dor física e emocional que experimentamos, e não entendemos como, ou por que, isto faça parte do processo ou como recuperar a saúde de forma a seguir adiante.

Com este artigo tenho como objetivo dar respostas sobre o porquê de nossa saúde ser afetada durante o processo de ascensão, bem como dar algumas soluções relacionadas a nossa saúde.

Eu comecei, conscientemente, o processo de ascensão em 1996.

Havia pedido aos meus guias “ajudem-me a recuperar as minhas habilidades de ouvir, ver e escutar outras dimensões da forma como fazia”. Em algumas horas o meu pedido foi outorgado e comecei a primeira de muitas limpezas necessárias para obter a ascensão.

Aquilo que me refiro como limpeza, é limpar todas as velhas emoções de baixa freqüência que estão bloqueadas, como raiva, cólera, vergonha, culpa, arrependimento, remorso e amarguras que fazem parte de feridas e da memória ancestral. Estes traumas são armazenados juntos em porções de capas que parecem uma cebola. Também incluídos nestes bloqueios estão as crenças e os padrões de comportamento a partir dos quais os traumas foram criados. Enquanto limpamos cada capa desses bloqueios do corpo emocional, o corpo físico libera o equivalente a seu nível. Nós chamamos este processo de Limpeza Emocional.

A ascensão é o movimento consciente de uma realidade para outra.

Como cada realidade é uma dimensão, o que estamos empreendendo é, em essência, um câmbio dimensional. Para fazer esta mudança temos que alterar a maneira de pensar e ser.

Para modificar a minha maneira de ser e de pensar, eu me fiz consciente de minhas crenças e comportamentos que estavam desequilibrados e tomei as atitudes necessárias para equilibrá-los. A Alma/Ser Superior e a Criança Interior trabalham conosco em sociedade nesse processo. Eles levam nossos medos, crenças e padrões à superfície através de eventos que os descarregam em nossa consciência para que os reconheçamos conscientemente e os limpemos.

Fazendo isto uma e outra vez, limpamos nossos corpos emocionais de muitos traumas e medos represados. Como mencionei, quando o corpo emocional se descarrega do lixo, o corpo físico, então, descarrega o equivalente desse bloqueio. Tudo isto acontece simultaneamente com cada limpeza.

Ah! E por extensão, com estes benefícios, a limpeza recodifica nosso DNA para poder suportar mais luz, que sustente nosso novo estado/ freqüência de consciência.

Assim, a limpeza emocional é o processo através do qual ascendemos.

Nesse tempo eu não tinha idéia de que a limpeza emocional seria necessária para ascender. Durante estes seis anos experimentei muitos dos clássicos sintomas de ascensão. Eles incluem uma dor generalizada, fadiga persistente, dores na cabeça, nos músculos e nas articulações, pescoço e ombros enrijecidos, rápido aumento de peso, perda de memória, dificuldades para dormir e concentrar-se (névoa na cabeça), inflamação na garganta, visão nublada, inflamação na bexiga e nos intestinos, poucos graus de febre e depressão.

Através de inúmeros comentários que recebi da parte dos leitores de meus artigos sobre ascensão, aprendi que outros estavam experimentando alguns ou todos os mesmos sintomas, em diferentes níveis e combinações, como eu. Estava assombrada e me confrontei com o fato de que não estava só em minhas experiências.

Comecei a perguntar-me se havia um período para esses sintomas e comecei a investigar e a buscar o porquê de estarmos pagando preço tão alto para ascender. Enfoquei-me em duas enfermidades descobertas recentemente. Elas são chamadas Fibromialgia (FM) e Síndrome de Fadiga Crônica (CFS)... e elas coincidem exatamente com os sintomas de ascensão! E ambas foram “descobertas” nos últimos dez anos. Eu, pessoalmente, achei isto assombroso.

O sistema endócrino não te dá somente as tuas habilidades psíquicas, também regula a produção de hormônios em nosso sistema e os hormônios regulam cada função em teu corpo, incluindo tuas emoções, peso, temperatura do corpo, libido, agudeza mental, concentração, visão, etc. Os hormônios dizem às células do corpo o que elas devem fazer. Se alguns hormônios são deficientes, as células que dependem deles não funcionam apropriadamente.

Com base nessa informação, comecei a perguntar-me se a limpeza do corpo emocional estava de alguma maneira conectada com a FM e a CFS. Durante a limpeza emocional, as glândulas endócrinas (hipotálamo, pituitária, pineal, supra-renais e gônadas) se estressam com a detonação dos medos profundos e das memórias represadas.

Quando experimentamos “stress” emocional ou físico, nossa produção de hormônios é irregular. Quando isto ocorre continuamente na limpeza emocional, alguns hormônios são quase aniquilados e outros produzidos em excesso e nós experimentamos os sintomas correspondentes como excesso de peso, dor nos músculos e nas articulações, curtos períodos de perda de memória, fadiga persistente, um pouco de febre, etc.

Em outras palavras, desenvolvemos FM e/ou CFS.

Pessoalmente achei difícil aceitar que eu poderia desenvolver essas enfermidades a partir da limpeza das velhas energias e integrando os medos, que eu acreditava eram a causa das enfermidades (há algum tempo atrás chegamos à conclusão de que a raiz das enfermidades físicas estava no corpo emocional).

Eu acreditava, correta ou incorretamente, que as pessoas espiritualizadas eram mais felizes e saudáveis do que aquelas não espiritualizadas. Portanto, se estava me tornando mais espiritualizada, deveria experimentar mais saúde e felicidade. Isto fez com que me questionasse se eu realmente estava me tornando mais espiritualizada ou não. Aparentemente passei por cima do fato de que quando alguém se move de um estado para outro, há um período de desequilíbrio, caos e ajustes antes de alcançar o novo estado de equilíbrio.

Apesar de ter sido uma descoberta atemorizante e desalentadora, ao mesmo tempo foi um alívio entender, finalmente, o que nos estava acontecendo. Eu tinha me sentido, por muito tempo, sem controle pela debilitante natureza destes sintomas. Agora, quando finalmente entendia o grande quadro do Processo de Ascensão, senti que possuía o controle da minha vida novamente.

Como isto acontece?
Como a limpeza emocional acaba em FM ou CFS?
E o mais importante, que podemos fazer para curar nossos corpos dessas enfermidades?

Por que alguns de nós temos CFS e/ou FM e qual é a utilidade?

Tendo em vista que nem todos os que seguem através da limpeza emocional e da ascensão desenvolvem FM ou CFS, creio que aqueles que atraem essas enfermidades necessitam o tipo de assistência que essas enfermidades proporcionam. Deixe-me explicar.

Há uns dois anos atrás, meus guias me informaram que havia novos vírus no planeta, os quais seriam incuráveis com os métodos de terceira dimensão, tendo em vista que tinham sido desenvolvidos com propósitos superiores. Eles me informaram que esses vírus seriam criados para, literalmente, fundir padrões do DNA.

Agora, existe uma lei científica chamada “Lei da Dissipação de Estruturas”, que diz que antes de uma nova estrutura estabelecer-se, a velha deve ser dissipada ou dissolvida. É minha crença que os padrões de comportamento estão geneticamente codificados em nosso DNA. São passados de geração em geração e criados, originalmente, por nossos sistemas de crenças.

Se a CFS e a FM são estes vírus, então podem assistir as pessoas com estes padrões dissipá-los de seus DNA. Então, aqueles que atraem CFS ou FM o fazem para obter a assistência necessária para limpar padrões rebeldes, que estão profundamente entrincheirados no DNA.

Indo mais longe, dado que esses vírus se relacionam com a parte neuromuscular (atacam os músculos), eles nos forçam a ir mais devagar, fazer um inventário de nossa vida e mudar as crenças sobre nós mesmos; e isto é realmente importante.

Eles te forçam a alterar as tuas prioridades, dando a ajuda que necessitas para trazer a tua vida ao equilíbrio. Por exemplo, eu era uma dessas pessoas que me definia a mim mesma pelo que eu fazia para viver. Sempre tive profunda necessidade de conseguir o que queria com medo de pedir ajuda. Por causa desse vírus fui forçada a reavaliar as minhas crenças de definir-me de acordo com a minha carreira, enquanto fui mudando de uma bem aceita carreira em 3D para uma conselheira psíquica/ intuitiva. Não pude mais gastar a minha energia trabalhando naquilo que tinha sido a minha paixão por tanto tempo.

Devido a uma fadiga que me debilitava, não pude ganhar muito a cada dia e minha auto-estima e auto-valorização vinham abaixo durante todo o tempo. Isto me forçou a reavaliar minha crenças sobre ganhos e porque os necessitava tanto.

Tendo em vista que não podia trabalhar muito, não possuía a quantidade de dinheiro que necessitava para pagar as minhas contas. Isto me forçou a confrontar meus medos acerca de pedir ajuda. Aprendi que meus sintomas eram aumentados pela ansiedade, quando ficava com medo de não ter o dinheiro necessário para pagar as contas.

Aprendi a estar aberta e permitir que meus guias me ajudassem e. enquanto fazia isto, o dinheiro chegava a cada mês.

Agora me dou conta que sem esses vírus não teria modificado minhas crenças profundas, bem como padrões solidificados uma vez que, para fazê-lo, teria que ser forçada. Assim que, talvez, a CFS e a FM tenham sido a minha graça salvadora. Talvez elas sejam as “grandes armas” que alguns de nós chamemos para que nos ajudem a limpar padrões que, de outra forma bloqueariam a nossa ascensão.

Soluções

Através dos anos usei muitas coisas para aliviar meus sintomas, incluindo deixar o açúcar, trigo e produtos lácteos em minha dieta; comer produtos orgânicos, banhos de sal, óleos essenciais, florais de Bach, massagem, quiropraxia e Yoga. Todos me ajudaram, mas nenhum pode trazer-me de volta à vida.

Eu experimentava fadiga debilitadora, uma dor intensa nos músculos e nas articulações, intestino irritado, febre, edema, rápido aumento de peso, a perda da memória fotográfica e recente e a perda da minha paixão pela vida, além de outras coisas.

A partir da minha histerectomia de urgência descobri uma terapia que alivia a maioria dos sintomas e que me devolveu a vida. É chamada “Terapia Natural de Reposição Hormonal” (NHRT).

Não estou falando de hormônios sintéticos, estou falando de hormônios naturais, a base de plantas. Em termos simples, NHRT complementa os hormônios em nosso corpo, dando ao nosso sistema endócrino tempo para regularizar e começar a produzir, por ele mesmo, a quantidade e níveis adequados de hormônios.

Estive tomando hormônios naturais por 9 meses e, agora, experimentei uns 85% de melhora nos sintomas de FM e CFS. Por exemplo, agora posso fazer exercícios 40 minutos, 4 vezes por semana. Antes, a cada vez que fazia exercício me tensionava um músculo ou algo acontecia que me impedia de continuar o exercício. Experimentei dietas , mas não importava quanta dieta ou exercício eu fazia, não perdia peso! Perdi várias polegadas e baixei, a partir do manequim 12, para o 8, voltando ao meu manequim 6. Que alívio!

Os movimentos do intestino são normais a maior parte do tempo e tenho muita energia. Posso lembrar melhor das coisas porque a minha memória de curto prazo está retornando. Apenas me sinto mal quando me esforço excessivamente ou fico ansiosa e com medo.

Meu esposo, Jonathan, utilizou NHRT por 5 meses e experimentou aproximadamente uns 15% de melhora em seus sintomas, não uma melhora espetacular como a minha. Notei uma redução em sua depressão crônica de 6 dias a cada 7 dias, para 2 dias de cada 7 dias. Quando vives com alguém com depressão crônica isto é uma melhora muito grande. Notei que ele não tem ataques de ansiedade tão freqüentes como antes e está com mais energia. Considerando que foi diagnosticado com CFS em 1996 e que passou 5 anos sem tratamento, esta é uma grande melhora.

Outro presente foi a Reestruturação Neurocranial (NCR). A NCR tem uma boa quantidade de registros eliminando enfermidades como FM e CFS, porque ambas são neuromusculares e porque a técnica trabalha com o osso esfenóide, um osso de apoio no nosso corpo.



Tua cabeça se apóia em teu corpo equilibrada nesse osso, como uma bola de “bowling” em um bastão. Quando esse osso está fora de alinhamento, os outros ossos do corpo se desequilibram para estabilizar tua cabeça.

Depois de apenas quatro tratamentos experimentei um aumento na minha clareza mental, uma diminuição na dor do pescoço e do alto das costas e dos espasmos musculares. Meu pescoço estava alinhado e obtive uma maior flexibilidade na parte baixa e média das minhas costas porque a minha coluna ficou mais reta. Eu tinha uma escoliose suave (curvatura da coluna) desde o nascimento. Possuía também alguns traumatismos cervicais.

Os tratamentos com NCR me ajudaram a movimentar a cabeça para trás em alinhamento com o meu pescoço e eliminaram a pressão dos meus músculos de forma que os meus ossos puderam suportar minha cabeça em lugar dos meus músculos, permitindo que a minha coluna relaxasse. Também notei que as coisas estavam mais iluminadas. Foi como sair das sombras para a luz do sol. Muitos pacientes de NCR referem-se a esse tipo de melhora. Eu tenho planos de continuar com estes tratamentos para completar o estiramento da minha coluna e reparar os danos dos meus traumatismos cervicais.

Jonathan também fez quatro tratamentos e sua falta de ar ao dormir reduziu em 85%. Ele não pode verificar isto porque não sente a si mesmo ofegando para respirar durante as noites, mas eu sim. Sua respiração é muito mais profunda. Eu tenho feito um registro de seus estados emocionais desde o início do tratamento de NCR e notei que ele está relativamente bem humorado 3 dias a cada 5. Antes da NCR era 1 dia a cada 5.

Parece que atraímos as soluções para nossos sintomas e somos guiados às terapias e terapeutas para completar o processo de cura, enquanto limpamos as crenças e padrões associados. Desta forma há uma ajuda para os nossos sintomas de ascensão. Não estou dizendo que estas sejam as únicas terapias que funcionam e que todos experimentam alívio se as utilizam. Mas as duas funcionaram bem para mim.

Concluindo, é meu desejo que todos os que lêem este artigo entendam que os sintomas físicos são parte do processo de limpeza emocional e de ascensão. Pensar que podemos desobstruir e limpar nossos corpos emocionais e físicos sem experimentar dor e incômodos é irreal. Mas nossos sintomas não são perpétuos e, a partir da minha experiência e investigação, podem ser aliviados e eventualmente eliminados à medida que completamos a ascensão.

Continuando, há vínculos nos sites com informação sobre FM, CFS, NHRT e NCR. E há muito mais na Internet, assim como bons livros sobre estes tópicos.


Em serviço,
Jelaila Starr.

_________________________________

Tradução: Silvia Tognato Magini
silvia.tm@uol.com.br

Fonte em Inglês:
http://www.nibiruancouncil.com/

Fonte em português:
www.novasenergias.net/jelaila/solutionsascensionsymptoms.htm

Mensagem enviada por Silvia Tognato Magini

_________________________________


UMA ATUALIZAÇÃO DAS SOLUÇÕES PARA OS SINTOMAS DA ASCENSÃO

Por Jelaila Starr
17 de Agosto de 2010



Nos oito anos desde que escrevi o artigo, Soluções para os Sintomas da Ascensão, eu recebi centenas de e-mails e cartas de leitores.

Uma resposta típica foi: “Muito obrigado. Seu artigo faz sentido quanto ao que eu estou sentindo.”

Foi muito gratificante saber que o artigo trouxe alívio, ainda que fosse apenas o entendimento. Embora a lista de sintomas que eu forneci fosse bem completa, nenhum de nós poderia prever que estaríamos experienciando ainda mais efeitos, portanto, exigindo uma atualização.

Portanto, aqui estamos.

O seguinte é a minha tentativa de definir e explicar os mais novos sintomas, enquanto proporciono soluções... se houver.

Desde que eu expliquei o processo da ascensão nos artigos anteriores sobre a ascensão, eu não o abordarei aqui. Vocês encontrarão esta explicação no artigo: "O Que É A Ascensão?" (*)

(*) Nota Stela - Baixe AQUI esta mensagem

Quanto à lista anterior dos sintomas da ascensão, aqui está uma lista condensada.

· Sintomas Gripais

· Fadiga

· Incapacidade de se concentrar

· Sono agitado

· Enxaquecas

· Dores Musculares e nas Articulações

· Ganho de Peso

· Zumbido nos Ouvidos

Muitos descobriram (inclusive eu) que tinham desenvolvido a Síndrome de Fadiga Crônica (SFC), que incluía a Fibromialgia, um nível mais severo dos sintomas da ascensão.

Neste nível nós experienciamos exaustão física crônica, enxaquecas prolongadas, confusão mental, acuidade mental prejudicada, perda de memória, dores musculares e nas articulações, parecendo que as terminações nervosas ardiam como fogo.

Eu costumava chamar os dias em que os sintomas da fibromialgia aumentavam como dias do “caminhão”, porque naqueles dias parecia que eu tinha sido atropelada por um caminhão.

A minha teoria é que aqueles que desenvolveram a Síndrome da Fadiga Crônica e a Fibromialgia, fizeram assim porque ou somos capacitadores crônicos e/ou workaholics ( pessoas com a necessidade compulsiva de trabalhar muito, walk-ins ou alguma associação. Nós impulsionamos os nossos corpos a fim de resgatar alguém, alcançarmos objetivos e/ou salvarmos o mundo.)

Apesar de que muitos dos sintomas mais graves desaparecessem – graças à clarificação emocional e por ter aprendido a cuidar do meu corpo – os sintomas normais da ascensão, persistiram, mas a um grau muito menor.

Agora, porém, como afirmado anteriormente, uma nova série de sintomas se manifestou.

Eles incluem:

· Confusão mental

· Incapacidade de permanecer ancorado

· Pensar que vocês já fizeram algo, apenas para descobrir que não o fizeram

· Períodos inexplicáveis de Desânimo

· Surtos inexplicáveis de Apatia; olhar fixo no espaço

· Padrões Erráticos de Alimentação

· Casos graves e crônicos de hidropisia (acumulação anormal de líquido seroso nos tecidos).

· Sentir-se agitado, como se os nervos estivessem super sensibilizados.

Embora alguns dos sintomas estiveram presentes por algum tempo.

Como o problema com a ancoragem, um ou dois aumentaram gradativamente e assim eu os coloquei na nova lista, a fim de destacá-los. Além disto, tenham em mente que vocês não podem experienciar todos estes sintomas, ou experienciar da mesma maneira ou com a mesma intensidade como definido aqui.

Eu dividi a lista em três categorias, mental, emocional e física.
Vejamos cada uma e alguma solução possível.

Mental

O sentimento de atordoamento da mente ocorre após uma noite de sono instável. Eu desperto me sentindo como se o meu cérebro tivesse sido colocado em um liquidificador. Eu não consigo me concentrar e me sinto dispersa. Não é o mesmo que atordoamento, que é como ver o mundo através do vidro fosco. Minha mente é clara, mas eu vejo o mundo através do frasco da coca-cola. Após uma sesta, normalmente me vejo fora disto.

Permanecer ancorado é fundamental durante os tempos de mudança contínua, entretanto, muitos estão lutando com isto. Quando não estamos ancorados, pagamos o preço de muitos modos. Podemos nos esquecer de coisas como compromissos importantes, ou os nossos filhos na babá. Podemos nos bater e nos machucarmos e colidirmos com coisas com os nossos corpos... e os nossos carros! Encontramo-nos incapazes de realizarmos e completarmos até as tarefas mais simples.

Sim, não estar ancorado pode ser poderosamente caro.

Qual é a solução?
A melhor coisa que eu percebi é desacelerar!

Quero dizer, seguir em um ritmo mais lento. Isto significa andar mais devagar, falar mais devagar, tomar tempo para pronunciar as palavras, e comer mais lentamente. Ter tempo para tomar algumas respirações lentas e longas, também ajuda. Quando eu me percebo ansiosa e acelerada (falarei disto em breve), eu paro e diminuo conscientemente o meu ritmo, levando um momento ou dois para algumas respirações profundas.

Eu também me sento e escrevo uma lista ou duas das coisas que preciso fazer. Isto ajuda quando a mente está atordoada, porque pego os pensamentos girando em minha cabeça e os coloco no papel. Isto pode ser comparado a esvaziar a minha cabeça e sentir um alívio instantâneo quando o faço. Eu então coloco na lista os detalhes para cada tarefa e priorizo a lista depois disto.

Definir e organizar tudo traz uma sensação de calma e assim eu posso lidar com as tarefas... isto é importante... sentir que vocês podem fazê-las.

Em seguida, eu me dou permissão para não terminar todas elas no mesmo dia. Como uma perfeccionista e workaholic em recuperação, isto é fundamental se eu quiser deixar de me sentir oprimida... o que então leva a uma sensação de desânimo.

Lembro-me de que estes são tempos desafiadores e ter mais tempo para completar as tarefas garantirá que eu não as refaça. Naturalmente, as soluções tradicionais, tais como sair e ficar com os pés descalços no chão, massagens, óleos essenciais, banhos com sal, usar malaquita e comer alimentos que nos trazem “conforto”, tais como carne e batatas, são ainda úteis, mas parece que não resolvem estes novos sintomas.

Uma nova solução é liberar as suas coisas inúteis; realmente é uma velha solução, para a manifestação da abundância e parece ajudar com a ancoragem.

Eu percebo que quando fico oprimida porque não estou ancorada, eu vou até os meus armários e me livro de coisas. Deixar ir os bens pessoais, libera a energia que eu gastei ao retê-las. Esta energia está agora disponível e eu posso usá-la para me manter ancorada e focada.

Assim, se vocês sentirem a necessidade de eliminar repetidamente os pertences, saibam que pode ser por esta razão.

Emocional

Outro sintoma da ascensão preocupante e potencialmente perigoso é pensar que vocês já fizeram algo, apenas para descobrir que não o fizeram. Sim, estivemos fazendo isto durante anos, mas como a não ancoragem, isto parece ter aumentado a um nível superior.

Naquela época, eu deixaria a casa sem pensar em trancar as portas, ou até pior, sair do meu carro e sair com ele ainda ligado. Meu cérebro não estava ainda funcionando em todos os níveis, devido à Síndrome de Fadiga Crônica. Hoje em dia, é um pouco diferente. Embora o meu cérebro esteja aguçado, tendo-me curado da Síndrome da Fadiga Crônica, eu me percebo não fazendo as coisas que tenho certeza de que tinha, como deixar a casa destrancada quando estava certa de que a tinha trancado. Isto me deixa louca, às vezes.

Minha teoria é que estamos vivendo em duas linhas do tempo separadas, ou outro modo de dizer isto é que estamos à frente de nós mesmos algumas vezes.

Lembro-me de Greg Braden em seu livro, “Vivendo entre os Mundos”, a Ciência da Compaixão, dizendo que haveria um momento em que literalmente viveríamos em dois mundos ao mesmo tempo. Eu acho que estamos lá!

Assim, o que eu e você estamos experienciando é que parte de nós existe na linha do tempo da dimensão superior, a qual se move mais rápido do que a nossa linha do tempo normal da 3D. Nós já trancamos as portas, mas este não é o caso para parte de nós da 3D, o que acontece incluir o nosso corpo e a nossa casa. Espero que isto faça sentido.

Assim, qual é a solução? Em caso de dúvida, verifiquem novamente. Este pequeno sentimento irritante de dúvida é a minha Criança Interior tentando me avisar. Pelo que eu entendi, a Criança Interior é o sistema de navegação do corpo na 3D, constantemente analisando e nos avisando do perigo potencial. Parece que a minha Criança Interior está trabalhando em horas extras nestes dias. E quanto a vocês?

Ataques inexplicáveis de desespero parecem ser particularmente debilitantes para muitas pessoas com algumas sentindo como se quisessem chorar, mas sem saber por que. É como se estivéssemos trancados em um campo de energia que nos devasta, causando ondas e mais ondas de desespero. Minha teoria pessoal é que isto é devido às próximas e constantes mudanças que estamos enfrentando agora e isto inclui as relacionadas ao tempo. Naturalmente, a constante apresentação destes eventos na TV, não parece ajudar. Estamos literalmente inundados agora por notícias desagradáveis durante 24 horas por dia.

O efeito de campo pode ser relacionado ao HAARP ("Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência"). É bem documentado como as ondas ELF emitidas através de uma instalação da HAARP podem ser usadas para nos controlar ao nível bioquímico de nossos cérebros. Poderíamos estar sendo bombardeados por ondas ELF que são ajustadas para causar desesperança e desespero, enquanto a mídia enfatizando os eventos negativos, aumenta ainda mais o efeito?

Como uma pessoa normalmente otimista, eu me treinei para estar em alerta para este sintoma e tomar as medidas adequadas para dissolver o campo. Eu me lembro de que o HAARP, juntamente com tudo o que parece negativo tem um propósito em uma ascensão planetária.

Eu me sento e escrevo uma lista de todas as coisas pelas quais sou grata. Chamo também alguém em quem confio e compartilho os meus sentimentos. Apenas a verbalização deles parece tirar a energia do desespero.

O riso é também muito eficaz. Quando converso com o meu amigo, compartilhamos coisas bobas que fizemos como um resultado de nossos sintomas da ascensão e rimos de nós mesmos. Quando desligo o telefone me sinto bem melhor.

O último sintoma emocional é a desatenção entorpecida da mente. Eu acordo alguns dias e a minha mente parece paralisada e entorpecida. Acho que nestas ocasiões, embora eu possa pensar, eu não posso completar um pensamento, muito menos verbalizá-lo. É como se estivesse catatônica. Não é incomum nestes dias, encontrar-me de pé na cozinha, apenas fitando o espaço. Além de ser incapaz de completar os pensamentos, eu não tenho energia. Infelizmente eu não conheço nenhuma solução, além de deixar ir. Em minha experiência, este sintoma, geralmente, não dura mais do que um dia.

Físico

Se vocês estiverem observando o seu peso, neste próximo sintoma podem eliminar qualquer dieta. Eu me percebi com uma fome intensa, um dia, e então, praticamente, sem fome no próximo. A outra coisa é desejar um alimento em particular durante semanas e então não desejá-lo posteriormente. Não, eu não estou grávida! Eu não conheço solução para este, mas compreender que o meu corpo precisa de um determinado nutriente e, novamente, apenas o deixem ir.

O próximo sintoma é aquele que me tem atormentado na maior parte da minha vida: imperícia, mas parece que ele está em alta agora. Eu alcanço algo e acho que o agarrei firmemente somente para deixá-lo cair, porque os meus dedos não o tinham ainda agarrado completamente. Eu deixei cair uma caixa inteira de ovos no supermercado há duas semanas, como um resultado de pensar que a tinha segurado com firmeza, quando não o fiz. Mais uma vez, sinto que é devido a viver em dois mundos.

Minha mente está funcionando em dois níveis e o meu pobre corpo não sabe como se igualar. Quanto mais eu desacelero, permaneço ancorada e me concentro, menos acho que isto seja um problema.

Sentir-me ligada, como se os meus nervos estivessem super acionados, é o último sintoma. É como se os meus nervos estivessem cantando com a energia. Embora eu o prefira à indiferença, é muita energia para parecer desconfortável... fica difícil a concentração. Eu apenas ando por aí, incapaz de resolver e realizar qualquer coisa. Eu não consigo me concentrar também e me percebo um pouco agitada, devido a uma música tocando repetidamente em minha cabeça. Aprendi que apenas deixar ir e ser grata por isto somente durar um dia... graças a Deus!

Com todos os desafios da ascensão, o processo pode parecer muito difícil de completar. Eu me sentia assim de tempos em tempos. O que me faz continuar é saber que a vida além dos sintomas, da dor e da confusão está somente caminhando para melhor. Por quê? Nós descarregamos a bagagem emocional destes sintomas que estavam nos apontando. Sem esta bagagem, seremos plenamente capazes de manifestar o tipo de mundo de harmonia, onde poderemos ter unidade, sem desistirmos de nossa individualidade.

Assim continuem a enviar estes e-mails e cartas e eu continuarei escrevendo, percorrendo o caminho bem ao seu lado. Juntos, completaremos esta jornada.

Em serviço,
Jelaila Starr
O Conselho Niburiano


________________________________________

Tradução: Regina Drumond
reginamadrumond@yahoo.com.br

Fonte em Inglês:
http://www.nibiruancouncil.com/

Fonte em português:
www.novasenergias.net/jelaila/solutionsascensionsymptomsupdate.htm

Mensagem enviada por Silvia Tognato Magini

________________________________________

MUITA LUZ!
STELA



6 comentários:

  1. Maria Ida Sardinha
    Portugal Ilha da Madeira
    idasardinh28@gmail.com

    Grata por me ajudar a entender todos estes sintomas.

    Bem-haja!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog, a leitura de alguns textos foi essencial para o meu dia hoje. Desde criança venho buscando minhas respostas, me sentindo diferente, não me encaixando nos anseios coletivos.Hoje me sinto mais próxima de mnhas respostas, mas as vezes nos dá um desanimo,a impressao que a "ignorância" seria uma dadiva, pq quando optamos por despertar somos envolvidos por situações, sintomas e inquietações que me pergunto as vezes se vale realmente a pena. E são sinais como seus textos hoje que fazem eu retornar ao meu caminho e equilibrar minha energia, acalmar.
    Sou grata!

    ResponderExcluir
  3. Olá querida,

    Grata pelo incentivo ao Blog.
    :o)

    É.... ser "diferente" nao é muito confortável, principalmente quando somos crianças...

    Mas te garanto que vale à pena você despertar para seu real você! Os sintomas e inquietações, na maioria das vezes, acontecem quando resistimos à mudança (mesmo que inconscientemente) e nao temos ainda uma certeza absoluta de que estamos no caminho certo...

    Mas continue em frente e ouça sempre seu coração. Ele é a sua bússula...

    Beijoss de Luz!
    Stela

    ResponderExcluir
  4. Grata pela partilha. No meu caso desenvolvi a doença de cronh e sindome de colon irritado. Não é nada facil mas com muita fé tudo se faz. Hoje sou seguida por um naturopata e faço um tratamento de 8 em 8 semanas- tratamento biologico-influximab, faço ginástica postural, caminhadas e mudei a minha alimentação.Muita Luz
    mariareis73@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei ler cada linha. Confesso que ultimamente tenho me questionado: 'porque quanto mais busco pela elevação espiritual, mais adoeço no físico e sinto o emocional fragilizado? Deveria ser o contrário...' Mas saiba que sua partilha foi de extrema valia. Sempre virei visita-la! Gratidão! Beijos floridos. Paz e Luz. Evelyn

    ResponderExcluir
  6. Muito obrigada de coração!

    ResponderExcluir