quarta-feira, 27 de julho de 2016

O DESDOBRAMENTO DO TEMPO


O DESDOBRAMENTO DO TEMPO

A Ciência começa a entender a consciência • A Física explica como corrigir o seu Futuro através do seu Eu Superior, e fundamenta o pensamento como força de atração energética para as possibilidades individuais e planetária.*


"O tempo é contínuo, mas tem momentos sutis que permitem o intercâmbio permanente de informações com o Passado e o Futuro. Chamado de "Aberturas Temporais" esses momentos sutis nos dão intuições, premonições e instintos vitais; o controle para otimizar o nosso Futuro ... antes de vivê-lo, entender a nossa vida e criar um equilíbrio individual e coletivo."

Entrevista de Jean-Pierre Garnier Malet, doutor em Física, responsável pela teoria das Aberturas Temporais, reconhecida em 2006. A respeitada revista American Institute of Physics of New York e sua comissão científica, validou ao publicá-la em 2006 porque é uma teoria que permitiu explicar a chegada dos planetóides no nosso sistema solar.

- Sua teoria é apoiada pela ciência. Você quer explicar o que é a lei do desdobramento de tempo?

- Temos dois momentos diferentes ao mesmo tempo: um segundo em um momento consciente e bilhões de segundos em outro tempo imperceptível quando podemos fazer coisas cuja experiência logo passamos ao tempo consciente.

- E tudo isso sem dar-nos conta?

- Exatamente. Eu tenho um resumo instantâneo de uma análise que eu fiz em outro tempo mesmo sem ter a memória dele.

- Então, assim funciona o tempo?

- Sim, em cada momento Presente eu tenho um tempo imperceptível no qual crio um potencial Futuro, memorizo e executo no meu tempo real. Temos a sensação de perceber um tempo contínuo. No entanto, como demonstram o diagnóstico por imagens no nosso cérebro apenas imagens intermitentes são impressas. Entre dois momentos perceptíveis há sempre um momento imperceptível.

- Como nos filmes, onde vemos apenas 24 quadros por segundo?

- Sim, não vemos o quadro de número 25, que é subliminar. Em Publicidade tem sido usado esse tipo de imagens para influenciar com êxito o nosso comportamento, o que mostrou que o subliminar é acessível à nossa memória.

Quanto mais nós somos manipulados a sentir emoções negativas por notícias ou imagens de eventos reais, ou não, mais nós geramos próprio medo e irradiamos para a Terra.

O Desdobramento do Tempo tem sido cientificamente comprovado e a teoria tem dado justificações a escalas de partículas e da escala do sistema solar.

O fenômeno do Desdobramento do Tempo demonstra que o homem vive no tempo real e no tempo quântico, este último um tempo imperceptível, com vários estados possíveis: memoriza o melhor e transmite-o ao que vive no tempo real.

- Nosso outro Eu Quântico cria a nossa realidade?

- Podemos dizer que entre o Eu Consciente e o Eu Quântico se dá uma troca de informações que nos permite antecipar o Presente através da memória do Futuro. Na Física este fenômeno é chamado Hiper-Incursão e é perfeitamente demonstrada.

- Estou desdobrado como uma partícula?

- Sim ... e também sabemos que, se tivermos duas partículas desdobradas, ambas têm a mesma informação ... ao mesmo tempo. Por quê? ... Porque as trocas de energia de informação utilizam velocidades superiores à velocidade da luz.

Conhece o princípio dos gêmeos Langevin?

- Não.

- Nos anos 20, Paul Langevin mostrou que se um gêmeo viajasse na velocidade da luz envelhecia menos do que o outro que estava parado. Langevin não acreditou. Demorou 50 anos, até em 1970, para que, graças aos relógios atômicos, se comprovasse essa Lei.

- Então, esse tempo imperceptível passou mais devagar.

- Exato: se eu posso viajar a velocidades fantásticas, um microssegundo torna-se um dia inteiro. Quando eu voltar, eu nem sei se eu fui, posto que eu estive afastado um microssegundo.

- Grande propriedade, mas ... quem está viajando ... Eu?

- Há uma outra propriedade conhecida na Física: a dualidade da matéria; ou seja, uma partícula é corpuscular (corpo) e onda (energia). Somos ao mesmo tempo energia e corpo, capazes de buscar informações em velocidades ondulatórias.

- E como assimilamos esta informação?

- Na fase mais profunda do sono em que há aumento da atividade cerebral há um intercâmbio entre o corpo energético e o corpo físico. E é essa troca de informações que permite corrigir o Futuro que você criou durante o dia, o que faz com que, no dia seguinte a sua memória esteja transformada.

O intercâmbio é feito através da água do corpo.
Esta troca permanente de informações é o que cria o instinto de sobrevivência e intuição.

- Nós fabricamos possibilidades através de nosso pensamento?

- Assim é. Se eu pensar em uma catástrofe, por exemplo, a energia potencial é parte do Futuro e você ou outro pode sofrer. Portanto, a conclusão é: "Não pense em fazer aos outros o que não gostaria que os outros pensassem fazer com você".

Não é uma lei moral ou filosófica ... é uma Lei da Física.

- É difícil controlar o pensamento.

- Durante o dia; mas pouco antes de adormecermos, no ponto chamado de "Sonhar Desperto", temos um minuto e basta que durante esse minuto controlemos o que pensamos: essa é a maneira de sermos capazes de nos conectarmos com a nossa parte energética, vamos chamá-la de "O Duplo" pedindo-lhe para resolver nossos problemas.

- É como uma oração?

- Não é uma oração ... é uma relação, é deixar completamente as rédeas ao nosso outro "Eu" ... As noites são para isso. A noite não só permite excluir potenciais indesejados, mas também guia os pensamentos que teremos no dia seguinte.


A "Teoria do Desdobramento do Tempo" permitiu-nos explicar a chegada de planetóides perto de Plutão, mas Jean Pierre Garnier vai muito mais longe e diz-nos que esta Lei se aplica às nossas próprias vidas:

"Nós temos um corpo muito bem feito, que pode nos projetar para o Futuro: podemos chegar a ver o nosso Futuro, corrigi-lo e voltar mais tarde ... para vivê-lo. E é durante a noite, quando somos capazes de corrigir esse Futuro, que construímos o dia. Podemos ver os perigos antes de vivê-los através da intuição, e excluí-los. "

Link PDF Livro "El Doble... ¿Cómo funciona?"

Chaves para Aplicar e compreender a Teoria do Desdobramento

- Todos nós temos um “Duplo”

- Nosso “Duplo” não é o corpo astral ou etérico. É verdadeiramente nosso "Eu", mas em outra Dimensão.Tudo acontece no "Eterno Agora".

Informações com o nosso "Duplo" são trocadas através de Aberturas entre os diferentes tempos.

Estas imperceptíveis Aberturas Temporais" são aceleradores do transcurso do tempo que nos arrasta para outros espaços em velocidade prodigiosa.

Nosso "Duplo" é verdadeiramente o nosso outro "Eu".
O corpo físico, o corpo visível ..., explora o espaço em nosso tempo.

O outro corpo, o energético ... geralmente imperceptível, viaja nos diferentes tempos do nosso desdobramento.

Podemos dizer que o corpo energético informa a nosso corpo físico. Toda partícula emite e recebe ondas. Todo organismo recebe vários tipos de informação a fim de viver e sobreviver.

O momento Presente atualiza Futuros potenciais criados pelo momento passado. Uma mudança de pensamento em nós ... de um segundo ... cria numerosos potenciais num tempo acelerado, cuja síntese instantânea no nosso tempo leva à uma rápida e milagrosa recuperação.

Nosso "Duplo" experimenta muito rapidamente o nosso Futuro e por Aberturas imperceptíveis entre os dois tempos, Presente e Futuro, os intercâmbios permanentes de informações nos levam no caminho certo.

Em se recuperando o princípio vital de troca de informações com o nosso "Duplo" durante nosso sono, podemos finalmente saber o verdadeiro propósito de nossas vidas e encontrar o equilíbrio capaz de reconduzir-nos a ele.

Nosso "Duplo" sempre está e estará ao nosso serviço, sempre à espera para entrar em contato conosco para transmitir-nos os melhores instintos de sobrevivência ao viajar ao Futuro e transmitir a informação.

Temos várias possibilidades no nosso Futuro. Trata-se de escolher a melhor para o nosso benefício e do nosso planeta ... de que somos parte, aprendendo a receber informações do nosso "Duplo" e não colocar em duvida a sua existência.

Não há necessidade de lembrar-se dos sonhos. Basta preparar um "bom sonhar" à noite para viver bem durante o dia, mudando nossos pensamentos sempre para aspectos positivos.

Pouco antes de adormecer podemos entrar em contato com nosso "Duplo" expor-lhe nossos problemas e pedir-lhe para encontrar a melhor solução possível, dentre os possíveis potenciais.

Você deve ter plena confiança de que o seu "Duplo" vai resolver da melhor maneira possível ...uma vez que o "Duplo" é você mesmo ... em outra dimensão ... espiritualizado. Ter a "certeza" de que resolve. Tenha uma atitude de total despreocupação e confiança .

Esteja alerta para sinais que nos dá a vida.
Saiba escutar os "avisos/Sinais".

Estas informações sobre as "Aberturas Temporais", imperceptíveis, nos permitem melhorar o nosso Presente. São sempre tão rápidas que vêm até nós na forma de intuições, sugestões e premonições.

O controle das Aberturas Temporais transforma nossas noites e nossas vidas. É também um meio muito eficaz para não ficarmos angustiados ou deprimidos diante de uma situação delicada, numa condição de não saber como prosseguir. Na verdade, é saber que o dia seguinte será melhor ... estarmos alegres antes no coração ..., o estresse desaparece e com ele as doenças.

A direção da nossa vida é nossa própria responsabilidade.

É preciso ser "dois" para a troca de informações: Um deles viaja entre seu Presente e Futuro. O outro entre esse Futuro (que é o seu Presente) e o Futuro desse Futuro (que é o seu próprio Futuro). Assim, as três realidades: Passado, Presente e Futuro são acessíveis ao mesmo tempo pelos intercâmbios de informação nas Aberturas Temporais.

Nosso "Duplo" é um navegador ou mensageiro. Ele está lá para garantir o melhor Presente a cada momento. Ele está pronto para nos dar todas as informações necessárias, se pedirmos. Uma vez que "Ele" sou "Eu" está sempre disposto a criar um Futuro melhor.

Quando temos a certeza de receber ajuda em todos os momentos e em todos os lugares, esta confiança torna-se automática ... saudável.

Nosso corpo é um receptáculo de informações de todos os tipos ..., muito necessárias, que o nosso "Duplo" preenche quando chamado. Todas as nossas células obedecem a vontade desse "Outro Eu" , que aguarda o nosso consentimento para vir visitar-nos.

Sua benevolência é inquestionável porque "Ele" é "Você", e sempre o será, uma vez que lhe assegura a vida após a morte, em outro tempo, mas como é imperceptível, esquecemos disso.

Buscando e redescobrindo o contato com o nosso "Duplo" podemos equilibrar-nos e entender o propósito de nossa vida terrena.

Como podemos planejar nosso Futuro?

A antecipação é um princípio vital. São os nossos pensamentos que projetam o nosso Futuro. Se vamos por uma rua e alguém nos dá um empurrão e pensamos ... que vamos ser mortos ..., este pensamento já está abrindo um potencial Futuro em nossas Aberturas Temporais.

Isto pode ser alterado com uma simples troca de informações: um pensamento contrário e tranquilizador.

A Lei do Tempo é simples.

Tudo depende do nosso modo de vida e de nossos pensamentos que criam o conjunto de nossas possibilidades de Futuro ... e também durante os 25 mil anos do nosso ciclo atual

Nosso "Duplo" pode sempre modificar os Futuros que temos criado, através do nosso pedido.

Quando damos graças, ele entende que está no bom caminho e não hesita em ir em frente com o que já começou, com base nas informações que recebe do seu Passado.

Restabelecer um corpo doente ou silenciar uma mente angustiada muda o Futuro e, consequentemente, muda o mundo.

O queixar-se ou lamentar alguma coisa, constantemente ... cria imediatamente no Futuro algo que vai levar a queixar-se ou arrepender-se.

A troca de informações com um "Duplo" não é mágico ou perigoso. O que é realmente perigoso é ignorar a forma de controlar as informações que nos chegam a cada instante e de viver de acordo com nossa consciência ... desconhecendo os pensamentos subliminares.

A única dificuldade provém da nossa forma habitual de pensar, porque não estamos acostumados a colocar o Futuro antes do Presente. Esta nova noção do tempo vai abalar a base fundamental de todos os nossos pensamentos.

Deixando o nosso sonho nas mãos do nosso "Duplo" é como encontramos e recuperamos um equilíbrio corporal e, acima de tudo ... planetário.

Aquele que mantém em contato com o seu "Duplo" ... não teme o Futuro, pois recolhe informações capaz de criar e de receber as melhores possibilidades para o Futuro individual e coletivo.

Equilibrando-se, desta forma equilibrará o planeta cujo Futuro potencial coletivo vai melhorar gradualmente. Só o nosso "Duplo" é capaz de retornar as ideias que eram "nossas" ... quando nascemos.

É importante estarmos conscientes do nosso último pensamento antes de adormecermos, pois é ele que nos dirige ao tempo desacelerado ... do nosso "Duplo".

É a água do nosso corpo que armazena e recupera as informações (Nota: os Pleiadianos também afirmam isso).

Ao focarmos demasiadamente em nossos problemas é o que atraímos energeticamente para as nossas vidas futuras, as energias responsáveis por todas as nossas dificuldades; e atraímos momentos Futuros que podem não ser os mais adequados.

No entanto, se pedimos ao nosso "Duplo" para resolver os nossos problemas e trazer soluções, as atrairemos em nossa direção; aceitando suas soluções com absoluta confiança, com gratidão e a certeza de que é o melhor Futuro possível para nós mesmos.

A melhor maneira de adormecer é pedir ao nosso "Duplo" para enviar o melhor Futuro que poderíamos criar - "Seja Feita Tua Vontade".

A nossa encarnação na Terra tem como objetivo permitir que o nosso "Duplo" corrija todos os Futuros que perturbamos.

Nós servimos como um trampolim para o Futuro que devemos construir.

Assim, o Apocalipse, que tem o significado real de REVELAÇÃO, iria encontrar o seu sentido etimológico da maravilhosa descoberta do que está oculto.

O planeta então ... só atualizaria Futuros somente benéficos para todos!

Nota da Vilma: * Pesquisas têm mostrado que há um pulso, um sinal elétrico, que é gerado do Centro da Via-Láctea para nosso Sol (e outros sóis) e de lá para a Terra.

Esse pulso é coletado pelo coração humano, passa pelo cérebro, e de lá vai para as células do corpo. Porém, emoções de baixa vibração e desequilíbrio bloqueiam o caminho e quebram o circuito e nos desconecta da Terra e do Universo.

Quando esse pulso, que ressoa, passa por esse caminho intacto, o ser humano tem cada célula conectada e em harmonia com o pulso cósmico. A conexão coração-cérebro tem sido quebrada na maioria das pessoas pela separação da cabeça e do coração, do intelecto e da intuição, do físico e do espiritual. - David Icke

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - https://lecocq.wordpress.com
Tradução Vilma Capuano - vilmacapuano@yahoo.com.br
Fonte: www.terapiasvibracionales.com.mx
Grata Vilma!

LUZ!
STELA


4 comentários:

  1. Amei! Concordo com todas as palavras. Que o seu futuro seja pleno, alegre e brilhante. Muito obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito. Sem tirar / nem por. Gratidão Eterna !!

    ResponderExcluir