quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

UM PERDÃO ESPECIAL


UM PERDÃO ESPECIAL
- Transcrição de áudio O NOVO DESPERTAR de Ramina El Shadai -

Hoje eu enviei a mensagem do dia que dizia assim:

“Um perdão especial para os que ferem! Cada um oferece o que tem, internamente. - A dependência é um desequilíbrio, mesmo que seja depender da angustia alheia para se sentir feliz. – Envie luz e se desalinhe do desamor! O perdão é apenas a sua libertação!”

Eu fico muito impressionada como cada mensagem que sinto a cada dia e compartilho com vocês é o encaixe para tantas pessoas. Hoje, eu recebi tantas mensagens, tantos desabafos, tantos relatos, que decidi aprofundar nesse assunto por aqui.


Porque como estamos em tempos de muita luz, e de muitos saltos em níveis de consciência, acontecendo com frequência e com muita força, tudo na nossa vida tem saído de um lugar confortável. E todas as nossas relações estão sendo trazidas para luz. Aliás, o que está sendo trazido para a luz, é justamente a nossa forma de relacionar.

De relacionar com o que vivemos, com o que produzimos, de relacionar com as pessoas, com as nossas escolhas, com nosso trabalho. Como nós lidamos com tudo isso. Como nós percebemos tudo isso. A nossa forma de relacionar passa pela nossa forma de perceber, que passa pela nossa forma de pensar, que passar pelas nossas crenças.

Trazer para a luz é mudar nossa percepção, é elevar a nossa frequência, é perceber tudo de uma forma mais amorosa. Então, tudo que acontecia de uma outra forma tem sido desmoronado mesmo. Estamos conseguindo enxergar as velhas feridas. Alguém que tenha nos ferido ou alguém que tenha mexido em alguma ferida que estava quietinha dormindo?!

Alguém que nos machucou ou alguém que estava na nossa vida com a nossa permissão e que na hora de algum conflito, usou os recursos que sabia usar para se defender, se sentir seguro. Por que não é isso? De onde sai o que sai de mim?

Então, ao mesmo tempo, que o fazem com você sai de um lugar de medo, de busca pela segurança, sai com agressão, justamente por ser um pedido de ajuda, ao mesmo tempo, você vive tudo isso porque há algo em você pedindo uma libertação. Doeu? É ferida pedindo acolhimento!

É nessa hora, que a consciência de que o que o outro faz pertence a ele que vai te levar a olhar para o que vive como algo que é seu! Começamos, então, a sair dos culpados e entrar numa proposta de propósitos e oportunidades.

Mesmo quando lidamos com situações mais graves, já que elas foram produzidas numa frequência de desamor, e já estão acontecendo, elas precisam de providencias, mas todas as providencias a serem tomadas precisam vir de um novo lugar. De uma nova forma de perceber.

Sente-se ferido? Olhe para você! A atenção nesse Agora vai tirando você, naturalmente, dos fatos, das circunstancias, do que outras pessoas têm a te oferecer.

Sabe essa questão que falo sempre que não existe “outro”? Que somos uma coisa só? É mais ou menos por aí. Estamos em redes de alinhamentos. Você muda sua frequência, novos alinhamentos acontecem, então, você acolhe uma situação que, aparentemente te causou sofrimento, mas que apenas foi a oportunidade de você enxergar onde está ferido e que se alinha situações de mesma frequência. Então, você rompe esse ciclo em você. Vai se formando Unidade, com frequências mais amorosas, com novos níveis de consciência.

Eu me referi a um perdão especial simplesmente porque senti que hoje teríamos algo muito amoroso cuidando dessas feridinhas em nós. E escrevi assim! Senti uma mãozinha a mais agindo em soltura de velhas prisões. Senti e me emocionei em gratidão, por isso. Sabe quando um vento em alta velocidade bate no rosto, que as bochechas até tremem?! Me senti assim, saindo de dentro de alguma prisão, em alta velocidade, sem controle algum, bem inteira.... Senti forte... na expansão. Na unidade.

De repente, quantas pessoas me contaram de sentimentos que vieram à tona! Tantas raivas, sentimentos de medo, de ódio, de vontade de sumir... eu li tudo que me escreveram. E estou aqui para dizer que você não está sozinho! Estamos em cura e, hoje, temos essa oportunidade. Deixa tudo sair. Deixa aquela sensação do vazio, do luto tomar conta enquanto um novo preenchimento passa a existir. Aquele preenchimento de você mesmo que talvez não consiga perceber hoje.

O perdão é tão leve, é tão natural! Só de você acolher com amor, com propósito, com a consciência de que ninguém cria nada para sua vida além de você mesmo, tudo isso vai te tirando das circunstancias e o poder do que está fora de você diminui naturalmente.

Quando você percebe, nenhum desses sentimentos condicionados ao que viveu está mais em você. Pronto! Aconteceu o perdão! Libertou aquele desamor e nada disso dói mais!

2019 está no fim, com os dias contatos e todo dia ouço alguém dizendo que foi um dos piores anos da vida. Tudo que olhamos com esse julgamento polarizado vem um lugar de nós que chama: falta de consciência do que está acontecendo. Só isso!

Porque a nossa percepção de Unidade nos diz que está tudo bem, sim! Não do jeito que nossa velha forma de pensar havia planejado. Mas do jeito que nossos níveis mais profundos tem a sabedoria de definir e estão fazendo de tudo para aprendermos a nossa própria linguagem.

Aprendemos tudo que nos foi proposto, mas não aprendemos a usar quem somos.
É isso que estamos fazendo agora.

Hoje, eu sou perdão e libero o desamor.
Hoje eu sou luz e liberto o amor, na expansão da unidade sagrada.
Eu sou!

EU SOU RAMINA EL SHADAI

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação - DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Instagram - @blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Quântica para Pets
e Frequência de Cura Arco Iris - lecocqmuller@gmail.com
RAMINA EL SHADAI - Conexão multidimensional - @ramina.despertar
Grata Ramina!

LUZ!
STELA





Print Friendly and PDF

Um comentário: