sábado, 19 de julho de 2008

A FÓRMULA DA COMPAIXÃO


A FÓRMULA DA COMPAIXÃO

A PRIMEIRA CHAVE
MULTIDIMENSIONAL DA COMPAIXÃO

Por Jelaila Starr



A Fórmula da Compaixão é usada para mudá-los do Nível Um até o Nível Nove no processo de Recodificação, Reconexão e Ativação do DNA (Processo de RRA). É também usada após vocês alcançarem a multidimensionalidade e para mantê-la.

A Fórmula lhes permite moverem-se através de um número suficiente de lições em seu Projeto de Vida para conquistar a freqüência necessária para a consciência plena. Em outras palavras, a Fórmula alivia a sua freqüência corporal a cada vez que vocês a usam para lidar com um conflito e integrar o medo envolvido na lição por trás do conflito.

As lições vêm a vocês sob a semelhança de conflitos.
Eu percebi que eu não pude completar o processo de RRA sem a Fórmula porque a Fórmula me capacitou a remover as emoções negativas dos conflitos de meus corpos físico/emocional, movendo-os acima através do meu coração, para a parte superior do meu coração, transmutando-os lá em compaixão.

Outro benefício da Fórmula é a ativação das glândulas psíquicas adormecidas. Cada vez que vocês usam a Fórmula vocês exercitam estas glândulas adormecidas. No momento em que vocês terminarem a ativação do DNA, estas glândulas estarão prontas para uso em tempo integral.

Sugestões para que se lembrem ao usarem a Fórmula da Compaixão:

Conscientizem-se dos sentimentos de sua situação, expressem-nos primeiro verbalmente e fisicamente, então comecem a Fórmula no problema. Senti-los e expressá-los fisicamente faz com que as emoções se ancorem através do Chacra Cardíaco e na parte Superior do Chacra Cardíaco, onde elas serão transmutadas e liberadas.


Estas emoções de freqüência densa e inferior são estímulos que, uma vez transmutadas na freqüência mais elevada da compaixão através da parte Superior do Coração (age como um incinerador), fluem através do seu corpo como uma liberação excitante, mudando o seu DNA ao mesmo tempo.

Vocês continuarão com este ciclo de criar velhos problemas assim como a lidar com novas lições ao usarem as Chaves da Compaixão até que tenham clarificado o suficiente para completar a religação das 12 fibras do seu DNA.


Posteriormente, vocês continuarão a se purificar emocionalmente a fim de completar a ascensão, mas agora vocês terão o apoio das novas vias neurais e de seus padrões associados de comportamento saudável. A ascensão está presentemente planejada para ser completa por volta de 2012. Agora vamos prosseguir com as nove etapas da Fórmula da Compaixão.

As nove etapas da Fórmula são como se seguem:

Etapa Um: Lição


Qual é a lição que eu queria aprender em relação a esta pessoa e o conflito que estamos experienciando?

Peçam ao seu Eu Superior/Alma, anjos ou guias espirituais para ajudá-los. Ela estará em seu projeto de vida. Seu projeto de vida é o seu roteiro através de sua existência presente. Ele contém todas as lições, contratos e eventos maiores para a sua existência presente, junto com as pessoas envolvidas.

Etapa Dois: Contrato

Qual é o contrato que eu fiz com esta pessoa?

Peçam que lhes seja mostrado o contrato que vocês fizeram para aprender esta lição. Se usarem a Fórmula para liberar um indivíduo, peçam pelo contrato que pertence a vocês e a esta pessoa. Há freqüentemente muitos contratos com muitas pessoas para aprender a mesma lição. A proporção de contratos para as lições varia, dependendo de quanto tempo e quantas existências vocês estiveram tentando aprender esta lição em particular. Quanto mais existências, mais contratos da existência presente para esta lição.

Lembrem-se de que ninguém concorda em fazer um contrato com vocês a menos que eles também, precisem aprender a mesma lição. Em alguns casos, a outra pessoa em seu contrato está lá para aprender o outro lado da lição.

Etapa Três: Papel

Qual é o papel que esta pessoa está desempenhando para expressar a sua parte do contrato?

Peçam para ver e compreender o papel que vocês desempenham e o papel que a outra pessoa está desempenhando no contrato. Peçam auxílio para compreender como os papéis parecem enquanto eles estão sendo desempenhados. Eu me visualizo em um palco como uma atriz e a outra pessoa como uma atriz/ator. Isto me ajuda a ver os papéis mais claramente, porque eu sou capaz de visualizar o seu comportamento como uma representação.

Etapa Quatro: Aspecto

Qual é o meu aspecto que esta pessoa está refletindo para mim?

Novamente peçam auxílio para ver e compreender o aspecto de vocês que a outra pessoa está refletindo para vocês. Elas são o seu espelho que reflete um aspecto de vocês através do seu comportamento. Eu sempre achei esta etapa como a mais difícil de tratar. Ela demanda uma honestidade própria brutal, mas vale a pena o esforço.

Algumas vezes, ao invés de refletirem um aspecto de seu comportamento, elas estão refletindo algo que vocês julgam. Um exemplo seria alguém que os roubam. Vocês podem não ser ladrões, mas podem estar julgando o furto ou as pessoas que roubam.

Etapa Cinco: Presente

Qual é o presente que esta pessoa está me dando ao desempenhar o seu papel?

Peçam ajuda assim vocês poderão ver e compreender o presente que a outra pessoa está lhes dando ao desempenhar o seu papel. O valor que eu mencionei anteriormente é o valor do presente, e o presente é a lição aprendida.

Verificação do Processo

Uma vez que vocês completaram as primeiras cinco etapas, deveriam estar sentindo um aumento de compaixão e de gratidão pela outra pessoa envolvida no conflito/contrato. Caso contrário voltem então na lição e recomecem.

Algumas vezes isto requer algumas tentativas antes que finalmente compreendamos a lição na qual estivemos trabalhando. Eu percebo que frequentemente sei que a compreendi quando tenho um sentimento terno em meu coração. Ele pode estar ligado a um sentimento forte de saber como um Ah Ha!

As quatro etapas finais são usadas para terminar de clarificar e liberar a negatividade/refugo emocional do corpo físico, fora da parte superior do chacra cardíaco.

Quando penso na parte superior do chacra cardíaco, eu visualizo um dispositivo invisível em forma de cone incluído em meu campo áurico. Ele se liga ao meu corpo físico logo acima do meu coração e abaixo da minha clavícula. Quando eu uso a Fórmula ele se abre, assim a energia/compaixão transmutada pode se mover através dele e para fora.

Compreendo que a parte superior do chacra cardíaco realiza a mesma função que o cólon/ânus e a bexiga/uretra no corpo físico. Ambos realizam funções de eliminação da matéria estragada/tóxica. A única diferença é que o sistema físico elimina a matéria física densa e a parte superior do chacra cardíaco elimina matéria etérea.

Etapa seis: Aceitação

Eu posso aceitar o papel que esta pessoa tem desempenhado, junto com as suas ações, para me ajudar a aprender esta lição?

A aceitação é um dos quatro elementos do amor incondicional. A aceitação é parte da compaixão e é o amor incondicional em ação. Isto também inclui a aceitação de quem é a pessoa, sem julgamento. Eu percebo que quando estou tendo um momento difícil com esta etapa, eu posso clarificá-la quando me lembro que eles são almas em um corpo como eu, e nós estamos nos ajudando com uma lição.

Etapa sete: Permissão

Eu posso me permitir deixar ir a minha raiva em relação a esta pessoa que desempenhou o papel para me ajudar a aprender a lição?

A permissão é também um dos quatro elementos do amor incondicional. A permissão é parte da compaixão e é o amor incondicional em ação. Isto inclui permitir às pessoas de ser quem elas são e de seguirem o seu caminho escolhido, independente de como vocês se sintam sobre isto.

Frequentemente, até eu alcançar esta etapa, eu acho muito fácil deixar ir a minha raiva em relação à pessoa porque eu estou sentindo a gratidão e a compaixão que vem ao ver a dor que eles sofreram ao desempenharem o seu papel por mim.

Um outro lembrete: A permissão é mais fácil de fazer quando deixamos ir a necessidade de controlar o comportamento ou as escolhas de alguém para seu próprio bem. Nós tendemos a controlar as pessoas sem o medo de que as suas ações os machuquem/ e ou a nós. Se compreendermos que tudo tem um valor, então poderemos começar a liberar a nossa necessidade de controlar porque compreenderemos que haverá um valor em todo e em cada resultado.

Etapa oito: Liberação

Eu posso liberar esta pessoa da culpa?

Esta é fácil quando vocês compreenderem que não são vítimas. Ao contrário, vocês são participantes ativos em um contrato e lição que vocês ajudaram a instituir.

Assumir a responsabilidade por sua parte no contrato os capacita a liberar a outra pessoa da culpa pelo papel que eles desempenharam para ajudá-los a aprender a lição que vocês queriam. Vocês compreendem que assim como não são vítimas, eles também não são os vilões. Devin, o meu guia da 9ª dimensão, me disse muitas vezes que é muito mais difícil desempenhar o papel de um vilão do que desempenhar o papel de um herói.

Liberar alguém da culpa é diferente do que perdoá-los. Perdoar alguém é o que fazemos quando sentimos que eles pecaram contra nós, quando somos sacrificados. A Liberação é o elemento chave na Fórmula. A liberação é criada através de sua compaixão pela outra pessoa.

Etapa nove: Benevolência

Agora que eu liberei esta pessoa, eu posso ser gentil com ele/ela, e se o for, como posso fazê-lo?

Neste ponto vocês deveriam estar sentindo a intensidade da liberação através da parte superior do coração. Eu acho que o grau do sentimento difere de acordo com a intensidade emocional do problema. Quanto mais sobrecarregado emocionalmente for o problema, mais intensa será a liberação.

Eu achei que esta etapa é a mais emocional. Eu estou plena de gratidão e compaixão quando alcanço esta etapa e meu único pensamento é como aperfeiçoar e lhes agradecer.

Agora que estão sentindo a gratidão e a compaixão, tendo liberado a outra pessoa da culpa e da raiva, e percebido que podem ser gentis com eles agora, vocês estarão prestes a terminar a Fórmula.

As duas partes finais da Etapa Nove são:

a) Como vocês mostrarão a sua benevolência, e

b) Como vocês o farão?

Estas duas últimas partes são muito importantes e eu os encorajo a completá-las tão rapidamente quanto possível desde que o processo não estará completo até que vocês o façam.

Uma carta ou um telefonema para a pessoa dizendo que vocês lhes agradecem pela lição que eles participaram. Eu acho que compartilhando a lição que aprendi deles percorremos um longo caminho na cura da dor que ambos sentimos.

Advertência: Não os levem a realizar a Fórmula. Eles não os compreenderão e frequentemente ficarão zangados e defensivos, a menos que conheçam a Fórmula também.

Mudando a Energia

Uma vez que completaram a Fórmula, então é o momento de fazer algo com o contrato. O contrato é energia como tudo o mais, assim vocês poderão mudar a sua forma em algo mais, como se estivesse trabalhando com o Lego.

Eu freqüentemente visualizo o contrato se dissolvendo em milhares de pedaços de energia de luz, e então eu envio esta energia para alguém que esteja doente para auxiliar em sua cura. Em outras ocasiões, eu o deposito em uma conta de energia que criei para manifestar um dos meus desejos como uma nova casa ou alguma coisa. Vocês também podem depositá-lo na conta de alguém mais para auxiliá-los a manifestar um dos seus desejos.

De qualquer maneira, isto é onde eu posso me divertir um pouco com o contrato e ser criativa. Um final positivo para uma lição dolorosa, não acham?

Eu espero que este resumo e as etapas da Fórmula da Compaixão os ajudem a fazer as escolhas apropriadas para vocês.

Mais informação poderá ser encontrada em “Nós somos Nibiruanos”, o primeiro livro/manual do Conselho, assim como nos livretos “Chaves Multidimensionais da Compaixão”. Estes livretos contêm todas as informações dadas na Fórmula da Compaixão, a ferramenta ou chave fundamental, assim como as seis ferramentas adicionais que foram dadas desde a escrita do primeiro livro/manual.

Jelaila Starr
Conselho Nibiruano

______________________________________________

Informações da Autora:
Jelaila Starr, autora de “Nós somos Nibiruanos” é uma

canalizadora, professora e conselheira conhecida internacionalmente.
Através de suas palestras, workshops e artigos, a mensagem de
compaixão de Jelaila tem tocado os corações das pessoas em todo
o mundo, inspirando a esperança e a compreensão enquanto fornece
soluções de alguns dos desafios mais prementes de hoje.

Como uma conselheira psíquico-intuitiva, Jelaila trabalha com indivíduos

para auxiliá-los com a clarificação emocional, cura nos relacionamentos
e Recodificação do DNA. A abordagem singular de Jelaila possibilita
aos seus clientes de descobrir claramente quem eles são, o que vieram
fazer, e como conquistá-lo.

Website: www.nibiruancouncil.com

Tradução: Regina Drumond

reginamadrumond@yahoo.com.br

______________________________________________

Muita Luz!!
Stela


sexta-feira, 18 de julho de 2008

Os Doze Sinais do Seu DESPERTAR DIVINO


Os Sintomas do Shaumbra
Os Doze Sinais do Seu Despertar Divino
De Geoffrey Hoppe e Tobias


“Shaumbra” significa Família e Amizade Interior profunda


1- Dores no corpo e sofrimentos, especialmente no pescoço, ombros e costas. Isto é o resultado de intensas mudanças no seu nível de DNA, enquanto a "semente Crística" é despertada interiormente. Isto também passará.

2- Sentimento de profunda tristeza interna sem aparente razão.
Você está soltando seu passado (dessa vida e de outras) e isto causa o sentimento de tristeza. Isto é semelhante a mudar-se de uma casa na qual você viveu por muitos, muitos anos para uma nova casa. Por muito que você queira mudar-se para uma nova casa, existe uma tristeza por deixar as memórias para trás, energias e experiências da velha casa. Isto também passará.

3- Chorar sem razão aparente. Semelhante ao item 2 acima. É bom e saudável deixar as lágrimas fluírem. Isto ajuda a soltar a velha energia interna. Isto também passará.

4- Repentina mudança no trabalho ou carreira. Um sintoma muito comum. Como você muda, coisas a sua volta igualmante mudarão. Não se preocupe em achar o emprego "perfeito" ou carreira agora. Isto também passará. Você está em transição e poderá fazer várias mudanças de empregos até se estabelecer em algum que caiba sua paixão.

5- Afastar-se das conexões familiares. Você está conectado com sua família biológica via velho carma. Quando você sai do ciclo cármico, os vínculos das antigas conexões são soltos. Vai parecer que você está afastando-se de sua família e amigos. Isto também passará. Depois de um período de tempo, você pode desenvolver uma nova conexão com eles, se isso for apropriado. Porém, a conexão será baseada na nova energia sem elos cármicos.

6- Padrões de sono pouco comuns. É provável, que você acorde muitas noites entre duas e quatro horas da manhã. Há muito trabalho sendo feito em você, e isso muitas vezes faz você acordar para dar uma respirada" . Não se preocupe. Se você não puder voltar a dormir, levante-se e faça alguma coisa. É melhor do que deitar na cama e preocupar-se com coisas humanas. Isto também passará.

7- Sonhos intensos. Nestes podem ser incluídos sonhos de guerra e batalhas, sonhos de caçadas e sonhos com monstros. Você está literalmente soltando a velha energia interna, e estas energias do passado são muitas vezes simbolizadas como guerras, corridas para escapar e o "bicho papão". Isto também passará.

8- Desorientação física. Em tempos você sentirá muito sem chão. Você estará "mudando espacialmente" com a sensação de que você não pode por os dois pés no chão, ou que você está andando entre dois mundos. Conforme sua consciência muda para a nova energia , seu corpo algumas vezes "atrasa-se" e "fica para trás", isto é, ele não acompanha. Gaste mais tempo na natureza para ajudar a aterrar a nova energia interior. Isto também passará.

9- Aumento da "conversa consigo mesmo". Você encontrar-se-á conversando com seu "Eu" mais freqüentemente. Você de repente perceberá que esteve batendo papo com você mesmo pelos últimos 30 minutos. Existe um novo nível de comunicação tomando lugar dentro do seu ser, e você está experimentando a "ponta do iceberg" com a "conversa consigo mesmo". As conversas aumentarão, e se tornarão mais fluídas, mais coerentes e com mais visões interiores. Você não está ficando maluco. Você é apenas Shaumbra movendo-se para a nova energia.

10- Sentimentos de solidão, mesmo quando em companhia de outros.Você pode sentir-se sozinho e longe dos outros. Você pode sentir desejo de evitar grupos e multidão. Como Shaumbra, você está percorrendo um caminho sagrado e solitário.Tanto quanto os sentimentos de solidão causem ansiedade, é difícil, neste tempo, contar sobre isto a outros.Estes sentimentos de solidão estão associados ao fato de seus Guias terem partido. Eles estiveram com você em todas as suas jornadas, em todos os cursos de suas vidas. Era tempo deles se afastarem, assim você ocuparia esse espaço com sua própria divindade . Isto também passará. O vazio interior será ocupado com amor e energia de sua própria consciência Crística.

11- Perda da paixão. Você pode sentir-se totalmente desapaixonado, com pouco ou nenhum desejo de fazer qualquer coisa. Isto está certo, e isto é apenas parte do processo. Pegue este tempo para fazer nada mesmo. Não lute com você mesmo por isso, porque isto também passará. É semelhante a reprogramar um computador. Você precisa fechar por um breve período de tempo para poder carregar com o novo e sofisticado software, ou neste caso, a nova energia da semente Crística.

12- Um profundo desejo de ir para Casa. Esta talvez seja a mais difícil e desafiante de qualquer uma das condições. Você pode experimentar um profundo e irresistível desejo de voltar para Casa. Isto não é um sentimento suicida. Não é baseado numa frustração ou raiva. Você não quer fazer um grande negócio disto ou causar drama para você mesmo ou para outros. Tem uma quieta parte de você que quer ir para Casa. A raiz que origina isto é bastante simples. Você completou seus ciclos cármicos. Você completou seu contrato para esta duração de vida. Você está pronto para começar uma nova vida enquanto ainda está neste corpo físico. Durante este processo de transição você tem lembranças interiores do que é estar do outro lado.

Você está pronto para alistar-se para outra viagem de serviço aqui na Terra? Você está pronto para um contrato de desafios de mudanças em direção à Nova Energia. Sim, na verdade você pode ir para Casa agora mesmo. Mas, você veio até aqui, e depois de muitas, muitas vidas seria um pouco frustrante ir embora antes de ver o final do filme. Além disso, O Espírito precisa de você aqui para ajudar outros na transição para a nova energia. Eles precisarão de um guia humano, como você, que fez a jornada da velha energia para a nova. O caminho que você está percorrendo agora fornece as experiências que te habilita a vir a ser um Professor para o Novo Humano Divino.Tão solitária e escura que sua jornada possa ser às vezes.

Lembre que você nunca está só.


Direitos de cópia 2006 de Geoffrey Hoppe, Golden,CO. 
Preparado em colaboração de Tobias do Círculo Carmesim. 
Por favor, distribua gratuitamente sem propósitos comerciais.
Fonte: http://www.novasenergias.net/circulocarmesim/sint.htm

LUZ!
STELA

quinta-feira, 17 de julho de 2008

DESCREVENDO A JORNADA - SANANDA


Descrevendo a Jornada

Sananda

(Jesus)

"Meus amados, boa noite. Sou Sananda. Minhas bênçãos e graças para todos vocês. Nesta noite quero passar um tempo com minha família e falar um pouco da minha vida, ressaltando que, de fato, ela também é, um tanto, a vida de vocês. Como vocês, meus queridos, eu também fui uma criança que tinha uma espécie de véu. Mas era uma criança diferente. Como muitos de vocês, sementes de estrelas, eu tinha pensamentos e sentimentos que nem podiam ser levados em consideração naquela cidadezinha, onde a maioria das pessoas se preocupava apenas com coisas menores. Para falar a verdade, não éramos muito populares naquela pequena cidade.
À medida que eu crescia e meus dons começavam a se expressar, muitas pessoas daquela cidade procuravam minha família e diziam: “Não sabemos o que fazer com esse seu filho, Yeshua. Talvez vocês devessem encurtar as rédeas dele. Ele fala de coisas que nossos filhos nunca ouviram falar. E dá um mau exemplo”. Mesmo assim, eu não conseguia refrear o poder do amor dentro de mim, a capacidade de ver além do véu e dentro dos corações da espécie humana, que eu parecia ter desde a mais tenra idade. Quando fui ao templo para pedir conselhos aos anciãos, eles também não conseguiram compreender o meu coração. Comecei a sentir como vocês às vezes sentem que eu não fazia parte daquilo e que havia algo errado comigo".....


________________________________________________________________


MUITO esclarecedora essa mensagem!

Leia a mensagem completa clicando AQUI


Muita Luz!

Stela


(mensagem recebida de Re Petreche via e-mail)




quarta-feira, 16 de julho de 2008

QUATRO HOMENS NO DESERTO - TOBIAS


Quatro Homens no Deserto

Do Livro de Estórias Curtas de Tobias


(Canalizada na Escola das Energias Sexuais em Frankfurt 2006)



Tobias: Nossa estória começa com quatro homens no deserto, em um tipo de prisão voluntária. Os homens estavam mo meio do nada, o sol os abatia todo dia.
O primeiro homem foi preso em um poste enterrado no chão profundamente.

Era um poste alto e havia uma corrente que ia do poste aos seus tornozelos.

A corrente tinha aproximadamente 2 metros de comprimento.

Ele não podia escapar por causa desta corrente em volta de suas pernas.

Cada vez que tentava escapar, ele se dava conta de que a corrente o estava segurando no lugar.


Próximo do segundo homem havia também um poste enterrado no chão, mas não havia correntes em volta de suas pernas.

Em vez disso havia um grande poço, uma trincheira em toda a volta de seu poste e sua pequena porção de deserto.

O poço esta cheio de crocodilos, e por isso ele sabia que não podia escapar.

Assim dia após dia ele andava em círculos em sua pequena ilha no meio do deserto, reclamando, zangado, discutindo com si mesmo. Mas seu medo dos crocodilos o mantinha ali.


O terceiro homem era um adepto da Nova Era.

Ele também tinha um poste no centro, um grande poste de metal.

Em volta do poste havia uma grande tira elástica, como uma grande faixa de borracha que estava presa e apertada em volta da sua cintura.

Todos os dias ele tentava escapar.

Ele puxava e puxava com seu corpo esta faixa de borracha e quando chegava um certo ponto a faixa de borracha o empurrava de volta ao poste.

Cada dia ele se levantava e balançava a cabeça e pensava:

“isso não foi engraçado, mas eu tenho que tentar me expandir de novo”.

E a cada dia ele alcançava até o final da faixa de borracha e ela o puxava de volta, atirando-o de volta ao poste.


Havia o quarto homem.

Ele também tinha um grande poste de metal, afundado no chão bem em volta dele.

Mas não havia corrente em volta de sua perna, não havia fosso em volta de seu poste de metal, e nem faixa de borracha em volta de sua cintura.

Mas ele ouvia vozes.

As vozes diziam:

“ Não ouse tentar fugir deste poste no deserto. Se você fizer isto, será consumido pelos espíritos malignos”.

Cada vez que ele tentava dar cinco ou dez passos longe do poste ele ouvia as vozes e rapidamente corria de volta ao conforto e segurança de seu poste.
O quarto homem vivia assim dia após dia, noite após noite, miserável, zangado, aprisionado neste cenário desértico.


Até que um dia um anjo veio até eles.


O anjo disse:

“Porque você tem esta corrente presa em volta de sua perna?”


E o homem acorrentado disse:

“Ela foi colocada aqui por outros. Ela não é minha. Eles me prenderam a ela. Isso me impede de crescer, me mantém limitado”.

E o anjo balançou a cabeça e disse:

“Hummm, que interessante” .


O anjo foi até o segundo homem, aquele com os crocodilos no fosso e disse:

”Porque você escolheu isto? Porque você tem crocodilos cercando você?"

E ele disse:

"Estas são as coisas da vida. Estes são medos que me consumirão e me devorarão se eu tentar deixar minha pequena prisão aqui no deserto. Eu preferiria ficar aqui do que morrer nas bocas dos crocodilos”.

E o anjo balançou sua cabeça e disse:

“Hummm. Interessante” .


Ele andou até o terceiro homem, o da Nova Era com a tira de borracha em volta da cintura dele e disse:

“ Agora, isto é muito peculiar, o que é isso?”

“Esta é uma tira de borracha, ela foi colocada a minha volta pela consciência da humanidade. Cada vez que eu tento me expandir ela me puxa de volta e me atira ao poste. Eu suponho que este é meu carma. É o que fui destinado a fazer aqui na Terra”.

E o anjo balançou sua cabeça:

“Muito, muito interessante”


O anjo foi até o quarto homem e disse:

“Não há nada em sua volta, nada prendendo você no lugar. Porque você simplesmente não caminha para fora do deserto?”

Ele disse:

"Oh querido anjo, cada vez que eu tento, eu ouço estas vozes em minha cabeça. Elas me dizem que há perigo à frente, elas me dizem que serei consumido por este seres invisíveis. Há demônios lá fora, sabia? Eu não desejo encontrá-los, porque eu não sei lidar com demônios, assim vou permanecer perto de onde é seguro”.


“Sabem”,
disse o anjo, “Eu tenho a autoridade de deixar cada um de vocês livre. Eu posso cortar as correntes de seus calcanhares; eu posso retirar os crocodilos do fosso. Eu posso tirar esta estúpida tira de borracha de sua cintura; eu posso até fazer com que estas vozes parem de falar com você”.

Agora, vocês pensavam que esta seria uma estória com um final feliz.


Todos os humanos ficariam livres e perceberiam como tudo isso foi tolo.

Mas quando o anjo tirou as correntes e cortou a corda de borracha, eliminou os crocodilos e parou com as vozes, todos estes humanos ficaram loucos, bem ali no deserto!

Eles não puderam lidar com isso.

Eles estavam tão apaixonados por estas coisas que os mantinham naquele lugar que não puderam se mover para mais longe.
Se tivessem simplesmente caminhado uma pequena distancia através do que percebiam como deserto, para cima da pequena colina que se situava mais adiante de onde eles tinham se aprisionado, eles teriam visto que não era um deserto de maneira alguma.
Eles na verdade estavam em um campo de golfe, em uma armadilha de areia!

Havia belas passagens abertas, arvores, a sede do clube, todos cuidados por seres angélicos e seres humanos, prontos para darem a eles qualquer coisa que quisessem!

Eles poderiam ter seu próprio carrinho de golfe, poderiam ter quantas jogadas quisessem, poderiam se sentar naquele bar todo o dia e beber uma cerveja celestial, qualquer coisa que quisessem.


Mas seus medos os seguraram no lugar.


Tão tolo quanto isso tudo pareceu a este belo anjo que os libertou, isso foi muito, muito real para os quatro homens.

O deserto era real; as coisas que os mantinham no mesmo lugar eram reais; seus medos – seus medos do lado de fora e seus medos que podiam ser vistos como vindos de fora – eram todos muito, muito fortes, criando esta tremenda ilusão. Até o ponto que quando eles foram libertados, não sabiam como lidar coma liberdade; eles não sabiam como lidar com as verdadeiras escolhas.


Eles não sabiam como lidar com a beleza da vida.


Eles tinham se colocado em sua própria prisão, é claro.

Ninguém mais realmente encheu o fosso com crocodilos, ninguém fez aquele homem vestir a tira de borracha em volta de sua cintura; ninguém prendeu a corrente ao poste; e verdadeiramente não havia nenhuma voz falando.


Mas os humanos tendem a fazer isto!

Eles criam ilusões sobre a sua realidade.


Assim Shaumbra, este é um convite para cada um de vocês, para colocarem seus próprios medos bem longe.

Este é um convite para darem uma olhada nas coisas que os estão retendo.

Ouçam os anjos que vem até vocês.

Eles os convidam a se libertarem, a pararem de usar de desculpas, parar de se trancarem em sua própria prisão.

Na verdade lá fora é muito lindo, mais alem deste pequeno deserto, também conhecido como armadilha de areia.

É muito lindo.

Vocês podem criar todos os tipos de coisas, mas não podem tentar prever a beleza da sua vida em potencial enquanto estiverem amarrados a um poste.

Enquanto tiverem uma corda de borracha amarrada a sua cintura. enquanto se preocuparem com os crocodilos; ou enquanto ouvirem a voz de seu próprio medo.

Quando estiverem consumidos pelo medo e limitação, vocês possivelmente não poderão imaginar o quanto vocês podem ser incríveis e o quanto a vida pode ser fácil e que a vida é uma alegria a cada momento.
Até mesmo sentados aqui, neste instante, nestas cadeiras, vocês possivelmente não podem imaginar em sua limitada mente humana, a incrível alegria e satisfação que vem de trabalhar com outros humanos que também desejam ser livres, onde vocês não tem que assumir os fardos. Vocês sabem, os psicólogos tendem a assumir a maior parte dos fardos dos outros humanos e então eles se sentem exatamente miseráveis.

Mas quando estiverem lá fora ensinando, Shaumbra, vocês não tem que assumir as coisas de ninguém mais.

O anjo que veio e libertou os quatro prisioneiros não colocou algemas em suas pernas; não colocou crocodilos a sua volta; certamente não vestiu em você uma tira de borracha; e não permitiu que as vozes externas o influenciassem.


Quando estiverem fazendo seu trabalho, não assumam os assuntos de outras pessoas.

Honrem-nos e respeitem-nos.


Se eles escolherem permanecer naquele poste com uma corrente em suas pernas, honre-nos por isso e naturalmente peçam a eles para fazerem uma escolha.

Ficarão surpresos com o que ouvem depois.

As vezes quando vocês dizem:

“Você pode fazer uma escolha de libertar estas correntes em volta de suas pernas, o que você escolhe?" - os humanos tipicamente começam com um “mas… mas… eu não estou certo, eu não sei”.

A confusão, tudo isto começa.


Vocês possivelmente não imaginam neste exato momento, mesmo sentados aqui neste momento, os lindos panoramas da vida que estão bem a frente de vocês.

O que parece ser um deserto é simplesmente uma pequena armadilha de areia na vida.



(Mensagem recebida por e-mail por Vera Trombino)


Uma boa história para se refletir não?

Muita Luz!

Stela

terça-feira, 15 de julho de 2008

A JORNADA PARA O LAR - KRYON


Trechos do Livro
"A Jornada Para o Lar"

de Kryon


“Eu represento a fonte de toda matéria.

Eu existo porque existo e sou arazão do Universo existir.

Resido nos mais altos paradoxos científicos imagináveis,
mas sou responsável pelas emoções de um simples coração humano.

Sou a menor parte da física e a maior parte do Universo.

Represento a luz.

Sou o espaço entre o núcleo do átomo e a neblina do elétron.

Sou a força mais abundante e a mais poderosa fonte de energia.

Sou da mais distante, porém damais poderosa força do Universo.

Sou a areia da ampulheta do tempo, e sou o centro, onde não existe tempo.

Sou a força criativa que permite à física responder à consciência;

portanto, sou um milagre.

EU SOU amor.”


"[...] Quando o amor puro de Deus permeia o seu ser,
todas as suas células vibram com sua integridade.

Você vê as coisas de maneira diferente.

Você trata as pessoas de forma diferente.

Você tem o poder do discernimento.

É a essência de toda a criação, mas estranhamente,
sua língua tem apenas uma palavra para essa
espantosa propriedade.”


"A Jornada para o Lar" - Kryon

________________________________________________________

Download do Livro (em partes) :

Parte 1:




Parte 4:





Muita Luz!

Stela

segunda-feira, 14 de julho de 2008

TIMO A CHAVE DA ENERGIA VITAL


Timo: a chave da energia vital


No meio do peito, bem atrás do osso onde a gente tocaquando diz "eu", fica uma pequena glândula chamada timo.

Seu nome emgrego, thýmos, significa energia vital.


Precisa dizer mais?


Precisa, porquê o timo continua sendo um ilustre desconhecido.

Ele cresce quando estamos contentes, encolhe pela metade quando nos estressamos e mais ainda quando adoecemos.


Essa característica iludiu durante muito tempo a medicina, que só o conhecia através de autópsias e sempre o encontrava encolhidinho.

Supunha-se que atrofiava e parava de trabalhar na adolescência, tanto que durante décadas os médicos americanos bombardeavam timos adultos perfeitamente saudáveis com megadoses de raios X achando que seu "tamanho anormal" poderia causar problemas.


Mais tarde a ciência demonstrou que, mesmo encolhendo após ainfância, continua totalmente ativo; é um dos pilares do sistema imunológico, junto com as glândulas adrenais e a espinha dorsal, e está diretamente ligado aos sentidos, à consciência e à linguagem.

Como uma central telefônica por onde passam todas asligações, faz conexões para fora e para dentro.

Se somos invadidos por micróbios ou toxinas, reage produzindo células de defesana mesma hora.
Mas também é muito sensível à imagens, cores, luzes,cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras e pensamentos.


Amor e ódio o afetam profundamente.


Idéias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus ou bactérias.

Já que não existem em forma concreta, o timo fica tentando reagir e enfraquece, abrindo brechaspara sintomas de baixa imunidade, como herpes e outras doenças.
Em compensação, idéias ou sentimentos positivos conseguem deleuma ativação geral em todos os poderes, como fé, que remove montanhas.


O teste do pensamento:


Um teste simples pode demonstrar essa conexão.
Feche os dedos polegar e indicador na posição de o.k, aperte com força e peça paraalguém tentar abrí-los enquanto você pensa " estou feliz".

Depois repita pensando " estou infeliz".


A maioria das pessoas conserva a força nos dedos com a idéia feliz e enfraquece quando pensa infeliz. (Substitua ospensamentos por uma bela sopa de legumes ou um lindo sorvete de chocolate para ver o que acontece...)


Esse mesmo teste serve para lidar com situações bem mais complexas.


Por exemplo, quando o médico precisa de um diagnósticodiferencial, seu paciente tem sintomas no fígado que tanto podem significar câncer quanto abcessos causados por amebas.

Usando lâminas com amostras, ou mesmo representações gráficas de uma e outra hipótese, testa a força muscular do paciente quando em contato com elas e chega aoresultado.
As reações são consideradas respostas do timo e o método, que tem sido demonstrado em congressos científicos ao redor do mundo.

Já é ensinado na Universidade de São Paulo (USP) a médicos acupunturistas.


O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração, que acaba ganhando todos os créditos em relação a sentimentos, emoções, decisões, jeito de falar, jeito de escutar, estado de espírito...


"Fiquei de coração apertadinho", por exemplo, revela uma situação real do timo, que só por reflexo envolve o coração.


O próprio chacra cardíaco, fonte energética de união e compaixão, tem mais a ver com o timo do que com o coração- e é nesse chacra que, segundo os ensinamentos budistas, se dá a passagem do estágio animal para o estágio humano.


"Lindo!", você pode estar pensando, "mas e daí?".


Daí que, se você quiser, pode exercitar o timo para aumentar sua produção de bem estar e felicidade.


Como?


Pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir.


a. Fique de pé, os joelhos levemente dobrados.

A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros.

Ponha o peso do corpo sobre os dedos e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.


b. Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o rítimo assim: uma forte e duas fracas.

Continue entre três e cinco minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda aregião torácica.


O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração, brônquios e garganta.


Ou seja, enchendo o peito de algo que já era seu e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se transformar em coragem, calma, nutrição emocional, abraço.


Ótimo, íntimo, cheio de estímulo.

Bendito Timo!!


(Texto da jornalista e pesquisadora Sonia Hirsch)


domingo, 13 de julho de 2008

DUCHA VIOLETA - SAINT GERMAIN




Mesmo que tenhas dormido mal e estejas cansado - sê grato por este novo dia. Expande-te e dize: "HOJE EU VIVO PARA A ALEGRIA!" Isto é uma grande disciplina e o êxito aumentará dia a dia.


Então te envolve em um reluzente casulo de Luz. Este campo de energia pulsante te protegerá durante todo o dia. Ele transpassa cada célula do teu corpo físico e é alimentado pela tua Divina Fonte. Sente este reluzir e brilhar como agradável calor, como tua Divina Força de vida e te sente abrigado nesta proteção.


Como bênção especial quero dar-te a poderosa transmutadora força da Chama Violeta. Vê-te envolvido por ela. Que este invólucro onde todo o negativo se dissolve, te envolva sempre. Se tiveres dificuldades em teu mundo externo não permitas que se instalem dentro de ti- se pensares em SAINT GERMAIN podes vencer todas as dificuldades.


A Ducha Violeta


Quando sentires o efervescente jato da ducha de manhã em teu corpo e imaginares os raios d'água transpassados pela Luz Violeta, sentirás como tudo que oprime é levado pelas águas.

Purificadoras e curadoras energias te transpassam e envolvem - entrega-te

completamente a este sentimento.


Sente e vê como a energia passa por todas as partes do teu corpo e por cada célula...


Concentra-te nas partes doentes ou fracas do teu corpo e faze a Luz transpassá-las.


A Luz Violeta é uma força curadora e age sobre o corpo sutil.


Nesta esfera começa toda a cura, transmitindo-se depois ao corpo físico.


Lembra-te sempre:
TODAS AS CAUSAS ESTÃO NA ESFERA SUTIL!


Se pudesses ver o que acontece através da purificação com a Chama Violeta, como teus corpos inferiores se iluminam, cintilam e se purificam, evitarias acumular sempre novas sombras. A vibração dos teus corpos inferiores, libertos das substâncias escuras, se acelera, tua consciência pode expandir-se quando libertada de todas as sombras.


Não te esqueças de viver a alegria.


Se hoje tiveres um momento de sossego liga-te com teu EU SOU e experimenta um forte sentimento de alegria - alegria por poderes aprender a te desenvolver.

A vibração da alegria aproxima-se da vibração do amor!


Saint Germain