sexta-feira, 1 de maio de 2009

PEDRO: EXPLICANDO A MENSAGEM EXTRA

PEDRO,
EXPLICANDO A
MENSAGEM EXTRA
(Postada no dia 28/04/2009 neste Blog )

Mensagem canalizada por Armando Carboni,
em 01 de maio de 2009,
18:15 horas,
São Paulo.


Boa noite.
Que a verdade esteja sempre exposta em suas vontades e em suas condutas.
Que os fluídos milagrosos do nosso Ser Supremo embalem a nossa reunião neste dia, nesta hora de consagração.
Deus é a nossa proteção.
Deus, neste momento de dúvidas, neste momento de desavenças, será, na verdade, o nosso grande Protetor.
E a Divina Trindade - a quem nós, não humildemente, mas com o acalanto de nossa fé, com o amor que exala de nossos corações - também se fará presente neste momento em que nós... em que vocês temem o pior.
Deus é Pai, Deus nos ama.
E não farão, Ele e a Divina Trindade, tragédia sobre seus filhos, sobre seus discípulos que Os clamam e que Os amam.
A tranquilidade e a paz devem estar com vocês neste momento, neste momento de ordem e de arrumação.
As desordens que foram crescendo no decorrer dos tempos - e que a princípio pareciam ser coisas corriqueiras, ser coisas banais - foram crescendo e se tornando cada vez maiores.
E quando um de nós diz que chegou o momento certo, isso não quer dizer que as regras estabelecidas se tumultuarão, mas são acertos, acertos das coisas que vão além do livre-arbítrio.
O mundo terreno não se deu conta da necessidade de seus deveres, da necessidade da sua cooperação para com as coisas divinas, para com as coisas de Deus.
Hoje os que aqui vivem são de um grupo egoísta, de um grupo sem preocupação, de um grupo sem amor, sem Deus, sem misericórdia e prepotente.
Então nós precisamos das pessoas que, como vocês, se envolvem na doutrina do Espírito Santo, na Divina Trindade e se aconchegam em Deus.


Os seus trabalhos parecem pequenos e sem sentido e que não chegarão a lugar nenhum.
Mas não é verdade.
A fé e a vontade de servir - de servir àqueles que necessitam, àqueles que precisam de ajuda e que ajudam a si mesmos - falam bem alto, gritam e salvam com suas atitudes a consistência desse mundo.
É por vocês que o mundo ainda caminha.
É por vocês que ainda esse mundo caminha.
Se não fosse a existência e a teimosia de vocês em aceitarem e propagarem a existência e a palavra de Deus, o mundo não mais existiria.
Este é o momento de fé e eu não vou dizer para vocês se conscientizarem porque quem está nesse caminho já tem a conscientização do que é certo e está naturalmente no agrado de nosso Pai Todo-Poderoso, do Deus de vocês.


Continuem sendo teimosos.
Continuem nessa luta "insana" com sua fé, com sua devoção e com a vontade de contribuir em nome de Deus para o bem e para a prosperidade não só de vocês, mas de todos aqueles que procuram e buscam a proteção divina.
Não se assustem com pronunciamentos mais exaltados de nossos – vamos dizer – nossos companheiros para que vocês possam assimilar melhor, porque nenhum de nós, nenhum de nossa dimensão quer tumultuar, impor medo a nenhum de vocês, o que nós queremos é que a humanidade relaxe, se encha de coragem para enfrentar as adversidades. Todos nós queremos e lutamos para que vocês tenham felicidade, tenham a guarida de Deus, tenham a prosperidade que almejam e que sigam, sobretudo, acreditando e exaltando nosso Deus.
Era o que eu tinha a falar neste momento, nesta hora e neste dia.


Que o manto de nosso Senhor Jesus Cristo, esse sagrado manto que emana os fluídos de Deus, esteja sobre vós como a suma proteção.


Eu sou Pedro.

___________

Colaboração: Selene

___________

Muita Luz,

Stela

quinta-feira, 30 de abril de 2009

DIA UNIVERSAL DO AMOR - 1 DE MAIO

1 de Maio de 2009
Dia Universal do Amor



O Amor começa comigo


Participe com pessoas ao redor do planeta

Celebrando e expandindo Amor

Nós somos uma humanidade neste planeta.
Todas as vidas são interconectadas ou interdependentes.
Todos compartilhamos a União Universal do Amor.
O amor começa com auto-aceitação e perdão.
Com tolerância e aceitação abraçamos a diversidade.
Juntos faremos a diferença atraves do amor.
Torne-se parte do movimento.
Passe para frente.

Eu amo incondicionalmente ...

Torne-se consciente desta simples intenção e veja a sua vida a partir de uma perspectiva diferente ainda que por um dia apenas. Pense no amor incondicional e o que ele realmente significa para você. Permita-se abrir e realmente sentir o amor que você já possui dentro de si. Aceite os aspectos da vida desafiadores , quer a partir do seu passado, presente ou visão do futuro. Decida deixar que o amor seja a resposta a todos e tudo. Veja todos interligados... viva, alegre e seguro. Escolha gozar a vida, não importa quão difícil pode ter sido ou como desafiadora você pode perceber que ela seja.
Deixe o amor ser o seu foco para este dia e veja o que acontece.

Algumas idéias para você ...

- Considerar o que significa se aceitar plenamente e você perdoará as suas escolhas e experiências passadas

- Oferecer verdadeiro perdão, quer na sua mente ou partilhados verbalmente para outra pessoa que você sente que tem impactado de forma negativa

- Decidir deixar ir as idéias ultrapassadas e crenças que já não representam quem você é

- Meditar sobre o amor como uma força natural e sem limites já existentes em sua vida

- Expressar sua compaixão para si mesmo e para o mundo em torno de você

- Pensar e sentir pensamentos de amor para amigos, familiares e vizinhos

- Respirar fundo

- Enviar palavras amáveis para os outros através de e-mail, texto, ou ligue para eles pessoalmente para expressar sua gratidão por ter-los em sua vida

- Faça as pazes com alguém que tenha descartado de sua vida por erros passados

- Perdoar uma pessoa, lugar, relacionamento, circunstância ou mesmo uma doença que tem desafiado você

- Abraçar alguém e deixar-se abraçar

- Assistir a um pôr-do-sol , nascer do sol ou, ainda melhor se você pode fazer as duas coisas no mesmo dia

- Sorrir

- Abrace um estranho e e peça que se tornem amigos

- Veja as crianças brincando

- Escreva um poema

- Faça um passeio

- Sentir-se grato por tudo neste momento em sua vida

- Dance como se ninguém estivesse olhando

- Cante em voz alta

- Aceitar outra pessoa e a veja no seu direito de pensar diferente

- Passe o dia pensando positivo

- Diga uma palavra gentil a um estranho

- Ame o fantástico reino animal

- Perdoe seus traumas de infância

- Envie amorosos pensamentos para as plantas e flores desta terra

- Liberte-se do medo e dúvida

- Confie em si mesmo

- Aceitar neste dia que tudo o que vem é justo e perfeito para o momento e está a ensinar-lhe algo

- Visualizar o mundo como um lugar amoroso

- Convide a família, amigos, vizinhos para ...

- Faça um piquenique, almoço, lanche / almoço, jantar no parque, jardim, casa, etc ... para celebrar e / ou meditar sobre o "amor"

- Organizar outros tipos de Dia Universal do Amor eventos especiais como velas , celebrações, eventos musicais e teatro baseada no amor, gratidão, perdão ...

- Compartilhar uma refeição com alguém menos afortunado e / ou voluntários para ajudar uma organização

- Promover atos de bondade durante Dia Universal do Amor

- Chegar àqueles que dele necessitam e mostrar-lhes que lhe interessam e que são capazes de amor também

- Ser Voluntário para ensinar alguém a ler ou ler para alguém que não pode ver ou apenas ler a alguém que esteja doente e precisa de ouvir uma voz

- Compartilhar o Dia Universal do Amor como um caminho para se conectar com outras pessoas sobre a sua intenção de amor

_____________________________

traduzido do ingles do site
http://www.thelovefoundation.com/i%20love.htm
com google translate

www.thelovefoundation.com
globalloveday @thelovefoundation.com

_____________________________



Oração ao Espírito do Bem

Neste dia humildemente te peço queme

envolvas e lances teus raios deluz em minha direção.
Cubra-me com tua proteção,
Reabastece minhas energias,
Fazendo-me compreensão,
Elevando sempre meu coração.

Que eu sempre saiba perdoar,
Lavando a alma.
Sendo somente o amor..que se dá..sem medo.. sem receio.

Vem espírito superior,
Carrega-me em teus braços.
Dai-me a força de que preciso,

Para continuar o que vim cumprir..
E nunca me deixe esquecerdos teus ensinamentos.

Aprendiz de um tempo, ó centelha de vida...
ensina-me sempre.. a respeitartodo o ser ... espírito benfazejo,
Sopra em minha direção e
Que minha criança interior
Nunca se acovarde,
Nem adormeça em meu coração,
Pois dela preciso para espalhar a alegria, o otimismo...
a paz e a serenidade que sinto e sei.. vem de ti.

Apaga de minha mente as decepções
de coisas que não conhecia,
Que eu possa direcionar teu amor
para todos os coraçõe
sem forma de elos preciosos ofertados por ti..
através de minhas palavras.

Vem espírito da brandura,
Me circula,
me faz cura,
Lava meu interior,
E que nele renasça a florda tua energia,
Para que eu possa espalhar
a suavidade,
o conforto de uma palavra amiga,
a lealdade do existir,
até quando eu deva partir,
Para me embaralhar de volta
em teus cabelos,
Sendo uma partícula de ti...

Que se faça a cura de toda a poeira cósmica
energizando o todo em UM.

Dá a mim e a meus amigos..
um diaBom..
de paz e serenidade..
para que possamos estar aqui.. adultos..conscientes.. responsáveis..
mas como coração de criança.
Beijos nas palmas de vossas mãos...
Amém.
(texto de um Trabalhador da Luz)

www.anjodeluz.com.br

Fonte:
http://www.anjodeluz.com.br/dia_universal_do_amor.htm


Muita Luz e Amor!
Stela

CONVERSANDO, DE CORAÇÃO A CORAÇÃO

Olá a todos!!!


Hoje quero conversar um pouco com vocês.

:o)

Quando resolvi criar esse Blog, a minha intensão era (e ainda é) a de compartilhar com as pessoas mensagens, artigos e técnicas que acredito e uso para meu próprio desenvolvimento pessoal.

O mundo está mudando rápido demais e muitas pessoas as vezes se sentem meio perdidas diante de tantas mudanças que muitas vezes são inexplicáveis aos olhos da ciência e dos mais céticos...

Quero esclarecer que as mensagens aqui postadas, são colocadas em sua íntegra, pois a maioria delas estão protegidas pela lei dos direitos autorais e eu não posso retirar o que não me agrada ou o que não bate em mim como verdade absoluta....

A dica é:

Leia, com a mente e o coração abertos...

Sinta o que vibra dentro de você como verdade, ou como algo útil para seu crescimento e esclarecimento...

O resto??

DESCARTE!

Eu não sou, e nem quero ser, a dona da verdade... pois a única verdade que sei é que nada sei...

Desde ontem tenho pensado nisso... pois uma mesma mensagem pode ser entendida de diversas maneiras ... e daí vem as duvidas, desconfianças, medos etc....

A ÚLTIMA coisa que realmente quero é transmitir medo às pessoas, já que este é um sentimento muito nocivo à saúde fisica, emocional e mental!

O objetivo é justamente o contrário:
Informação - já que informação é Luz!

Como bem disse uma vez um Mestre: "O mal é ignorância, é falta de Luz"

Eu agradeço aos muitos e-mails e comentários de incentivo que tenho recebido e fico feliz por estar, de alguma forma, contribuindo para difundir esclarecimento a todos que buscam por ele.

E, como nada acontece por acaso, hoje recebi do Blog Palavras de Osho uma mensagem que veio bem à calhar sobre tudo que estou tentando colocar para vocês, por isso vou colocar abaixo.

Beijos de Luz!!!!
Stela



OSHO: TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES
Posted: 29 Apr 2009 06:19 AM PDT



"Lembre-se sempre: absolutamente tudo o que eu digo a você pode ser encarado de duas maneiras.

Você pode simplesmente aceitar com base na minha autoridade:

"Se Osho diz, deve ser verdade" - então você vai sofrer, então você não vai crescer.

Seja o que for que eu diga, escute isso, tente compreender, implemente isso em sua vida, veja como funciona e então tire suas próprias conclusões.

Elas podem ser parecidas, podem não ser.

Elas nunca poderão ser exatamente a mesmas porque você tem uma personalidade diferente, é um ser único.

Tudo o que eu estou dizendo é algo que tem a ver comigo.
Necessariamente está profundamente enraizado em mim.

Você pode chegar a conclusões semelhantes, mas elas não poderão ser exatamente as mesmas.

Minhas conclusões não podem gerar as suas conclusões.

Você deve tentar me compreender, você deve tentar aprender, mas você não deve colher o conhecimento de mim, você não deve colher conclusões de mim.

Então o seu ser irá crescer."


Osho, em "Yoga: The Alpha and the Omega"
Tradução livre do blog Palavras de Osho



Adorei esta mensagem: A INFLUÊNCIA DO PLANO ASTRAL NA CANALIZAÇÃO



quarta-feira, 29 de abril de 2009

ARCANJO URIEL: A ORIGEM DE SEUS MEDOS


A ORIGEM DOS SEUS MEDOS
Mensagem do Arcanjo Uriel
Canalizada por Jennifer Hoffman0
6 de abril de 2009


Os medos residem na crença de que vocês são separados da Fonte e propõem a compreensão de como vieram a essa separação.

Muitos de vocês participaram na experiência da separação desde o começo da sua jornada na Terra, e em cada existência, aceitaram o desafio de reconectar-se, curar-se e renovar a promessa de ascender para uma vibração superior.

Vocês trazem os medos para cada existência a fim de que possam compreendê-los, aprender com eles e liberá-los. Esse fechamento faz parte da sua jornada de reconexão e cura.

Dentro de cada um de vocês está o medo de que se não aprenderem, se curarem, crescerem e transcenderem sua humanidade serão castigados por um Deus irado.
Esse retrato de Deus foi criado pelas religiões e não é um retrato exato do seu Criador sempre amoroso e benevolente, cujo único desejo é abençoá-los incondicional e infinitamente, de acordo com todo seu desejo.

Quando estão com medo, vocês se afastam dessas bênçãos.
A base dos seus medos está naquilo que manifestaram com eles.

Em cada jornada da vida vocês perpetuam o medo ou curam-no; derramam luz na escuridão ou espalham mais escuridão. Vocês têm criado o que mais temem e então, transferem esse medo para a Fonte.

Podem reconhecer que são responsáveis pelas energias da Terra e pela manifestação de tudo o que acontece em seu lar terreno?

É mais fácil temer a Fonte e acreditar que são impotentes em face das suas ações do que reconhecer que são co-criadores da realidade.

Todavia, enquanto vocês possuem ambas as energias, do amor e do medo, com que trabalhar, o seu Criador só trabalha com o amor incondicional.

Vocês podem pôr a culpa dos seus medos e de suas manifestações no Criador, mas a responsabilidade está dentro de vocês.

Perguntam por que Deus não interfere e os modifica?

A resposta é simples:
Vocês proporcionam a vibração para a Fonte continuar a trabalhar neste planeta.
As vibrações superiores operam mediante o amor incondicional e são incapazes de manifestar-se em níveis inferiores. Quando optam pela energia do medo em lugar do amor incondicional, vocês não são mais co-criadores, estão manifestando exclusivamente sua humanidade.

Aceitem a responsabilidade e o poder para liberar seus medos e conectem-se com as vibrações superiores para manifestar o amor na Terra, que vocês conhecem do Lar, e haverá paz interior e será o fim da vibração do medo.

_______________________________________

Tradução de Ivete Brito
adavai@antares.com.br
www.adavai.wordpress.com
Direitos reservados © 2004,2005, 2006 para Jennifer Hoffman.

Todos os direitos são reservados.
Todo o material desta página está protegido pela lei
dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América
e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos
sem a permissão escrita e expressa da autora.
Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias,
por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome
da autora e ao website de Curas Uriel
www.urielheals.com.

Colaboração: Rosangela Santos

_____________________________________

Muita Luz!
Stela

terça-feira, 28 de abril de 2009

A HORA É ESSA!



MENSAGEM EXTRA

A HORA É ESSA!
Salomão
Canalizado por Armando Carboni
São Paulo
28 de abril de 2009
início às 13:13 horas.


Que a felicidade do Reino de Deus paire sobre todos nós, paire sobre Seus filhos, Seus filhos leais - esses filhos que querem cumprir os conceitos e as vontades de nosso Pai, esses filhos que se dedicam em sua vida terrestre a ajudar ou pelo menos tentam ajudar àqueles que necessitam de ajuda.


Chegou a hora crucial, chegou a hora de um acerto final.
Mas não temam, não tenham medo aqueles que gritam, não com sua voz, mas que gritam com seu sentimento, dedicação e vontade de servir - esse grito será ouvido e recompensado.
Deus é Pai, essa força brutal, essa força que é descomunal, mas não há nada que não prevaleça em Seus filhos que não seja apontado pela luz divina, pelo seu caráter e pela dedicação.


Não temam porque a hora está chegando, a hora é essa!
O conceito de Deus vai prevalecer.
Não há força maior que possa mudar o curso que foi estabelecido.
Os séculos perduraram muito.

Passaram-se milênios e milênios nessa Terra desde que essa Energia começou a formá-la.

Não há mais retrocesso para ninguém que se afastou dessa vereda programada por nosso Pai, por essa Energia que flui para todos os lados e para todos os cantos.
Não adianta mais ninguém querer começar o que devia ser começado há séculos.


Aqui tem humanos que passaram por essa fase várias vezes, que não conseguiram - ou que não quiseram - compreender para o quê vieram; enriqueceram, tomaram o poder, ficaram célebres, famosos e se afastaram da missão verdadeira que tinham de executar enquanto aqui estavam.

Deus é justo, Ele ama Seus filhos, mas Deus não é ingênuo.

Agora, pela Sua força destinará esse pequeno espaço de terra - que vocês chamam de Terra.
É hora da conscientização daqueles que foram menos predestinados, menos agraciados, que tiveram caminhos com espinhos, com valas enormes para atravessar, mas nunca deixaram de ter fé em nosso Pai.


Esses seres protestavam mas não abandonaram o Seu caminho, não se tornaram falsos profetas e nem seguiram inventando religiões e se auto-proclamando, falando que tinham a Palavra de Deus.

A esses seres que não seguiram por caminhos fáceis e que percorreram os caminhos mais árduos chegou a hora, o momento, agora sim de serem agraciados.

Não temam os poderes de tremores, não temam o poder furioso das águas pois quem tem em seus pensamentos, tem em si a verdade e conhece o amor de Deus, será recompensado.
Chegou o momento, a hora.


Não vim aqui para agradá-los, eu vim para confirmar a verdade e essa é a verdade que me deixaram, eu - Salomão, aqui passar.

É Salomão quem está aqui, mais calmo, mais presente, para que a verdade de Deus seja revelada.


E este não é o único canal por onde está chegando essa verdade.
O mundo inteiro está sendo alertado através de todos os canais, aqueles que estão em seus terminais (seus pontos de saída) para que todos possam saber dessas ocorrências divinas.

Não há mais tempo de retroceder.
Quem não está no caminho de Deus... já acabou o tempo de nele procurar entrar.
Já estão selecionados aqueles que seguirão os caminhos até onde Deus permitir.

PERGUNTA SOBRE A GRIPE SUÍNA

(se é uma faxina)

RESPOSTA:

É um recrutamento para aqueles que se sacrificaram mesmo sem ter uma vida de prosperidade.
Há muitos seres humanos que tiveram progresso em suas vidas não só espirituais mas até financeiras que também não se esqueceram de nosso Pai.
Estes também serão recrutados.
Não posso dizer quantos serão, mas posso afirmar que os recrutados serão em número bem menor.


______________________

Colaboração: Selene
______________________

Muita Luz!
Stela

OSHO: ENCONTROS E DESENCONTROS


ENCONTROS E DESENCONTROS
OSHO



Pergunta:
Amado Osho, ultimamente eu tenho percebido que o meu companheiro é um estranho para mim. Ainda assim, existe uma vontade intensa de superar a separação entre nós. É quase uma sensação de que nós somos linhas correndo paralelas, uma à outra, mas destinadas a nunca se encontrarem. Amado Osho, o mundo da consciência é como o mundo da geometria? Ou existe uma chance daquelas linhas paralelas poderem se encontrar?



Dhyan Amiyo, essa é uma das grandes misérias que todos os amantes tem que encarar: não há como os amantes não terem esse estranhamento, esse desconhecimento, essa separação.
Na verdade, todo o funcionamento do amor se baseia no fato dos amantes serem polaridades opostas. Quanto mais distantes eles forem, mais atraentes eles serão.

A sua separação é a sua atração.
Eles se aproximam, eles se aproximam muito, mas eles nunca se tornam um.
Eles chegam tão próximos, que há mesmo uma sensação de que só um passo a mais e eles se tornariam um. Mas aquele passo a mais nunca é dado e ele não pode ser dado por uma lei natural.

Ao contrário do que se espera, quando eles estão muito próximos, imediatamente começam a se tornarem separados de novo, afastando-se para longe. Porque quando eles estão muito próximos, a atração é perdida, e aí eles começam a brigar, a ficar ranzinzas, a rosnar.
Essa é a maneira de se criar distância novamente.

E assim que a distância surge, imediatamente eles começam a sentir-se atraídos.
E aí, isso segue como num ritmo, se aproximando, se afastando, se aproximando, se afastando. Existe uma vontade de ser um, mas no nível biológico, no nível do corpo, tornar-se um não é possível.

Mesmo enquanto vocês fazem amor, vocês não são um, a separação no nível físico é inevitável.

Você está dizendo,
"Ultimamente eu tenho percebido que o meu companheiro é um estranho para mim".
Isso é bom.

Isso é parte de uma compreensão que está crescendo.
Somente pessoas infantis pensam que elas conhecem umas às outras.
Você não conhece nem a si mesmo, como se pode conceber que você conheça o seu companheiro?

Nem o seu companheiro conhece a si mesmo, nem você conhece a si mesma.
Dois seres desconhecidos, dois estranhos que nada sabem a respeito deles mesmos estão tentando conhecer um ao outro.
Isso é um exercício fútil.
Isso está fadado a ser uma frustração, um fracasso.

E é por isso que os amantes ficam raivosos uns com os outros.
Eles pensam que talvez o outro não esteja permitindo a sua entrada no seu mundo particular. "Ele está me mantendo afastada, ele está me mantendo à distância".
E ambos seguem pensando da mesma maneira.
E isso não é verdadeiro, todas as reclamações são falsas.

Eles simplesmente não compreendem a lei da natureza.
Ao nível do corpo, vocês podem se aproximar mas vocês não podem se tornar um.
Apenas no nível do coração vocês podem se tornar um, mas só momentaneamente, não permanentemente.

Ao nível do ser, vocês já são um.
Não existe a necessidade de se tornar um.
Isso apenas tem que ser descoberto.

Amiyo, você está dizendo,
"Ainda assim existe uma vontade intensa de superar a separação entre nós".

Se você seguir tentando no nível físico, você irá fracassar.
A vontade simplesmente mostra que o amor necessita ir além do corpo, que o amor quer alguma coisa mais elevada que o corpo, alguma coisa maior que o corpo, alguma coisa mais profunda que o corpo.

Mesmo o encontro de coração a coração, embora doce, embora imensamente prazeroso, é ainda insuficiente, porque ele acontece apenas por um momento e, em seguida, de novo, estranhos são estranhos.

A não ser que vocês descubram o mundo do ser, vocês não serão capazes de satisfazer essa vontade de se tornar um. E o fato estranho é que no dia em que você se tornar um com seu amante, você se tornará um com toda a existência também.

Você está dizendo,
"É quase uma sensação de que nós somos linhas correndo paralelas, uma à outra, mas destinadas a nunca se encontrarem".

Amiyo, talvez você desconheça a geometria não-Euclidiana, porque ela ainda não é ensinada em nossos institutos educacionais.

Nas universidades ainda se ensina a geometria Euclidiana que surgiu há dois mil anos.
Na geometria Euclidiana, linhas paralelas nunca se encontram.

Mas já foi descoberto que se você continuar e continuar, elas se encontram.
A última descoberta é que não existem linhas paralelas, por isso é que elas se encontram.
Você não pode criar duas linhas paralelas.

As novas descobertas são muito estranhas.
Você não pode nem mesmo criar uma linha reta, porque a Terra é redonda.
Se você criar uma linha reta aqui e se você seguir desenhando a partir de ambas as extremidades, ao continuar e continuar, finalmente você descobrirá que ela se tornou um círculo.

E se uma linha reta desenhada até o final se torna um círculo, antes de tudo, ela não era uma linha reta, ela era apenas parte de um círculo muito grande, e uma parte de um grande círculo é um arco, não uma reta.

As linhas desapareceram na nova geometria não-Euclidiana, e não havendo linhas, o que dizer sobre linhas paralelas?

Não existem linhas paralelas também.
Assim, se fosse uma questão de linhas paralelas, existiria uma chance de que os amantes pudessem se encontrar em algum lugar, talvez na velhice, quando eles já não pudessem brigar, quando eles já não tivessem nenhuma energia para isso, ou quando eles tivessem se tornado tão acostumados... aí, qual seria a questão?

Eles usaram os mesmos argumentos, eles tiveram os mesmos problemas, os mesmos conflitos, ambos já estão entediados um com o outro. Nesse longo trajeto, os amantes param para conversar um com outro.

Qual é o sentido dessa conversa?
Porque começar a conversar significa começar a argumentar, e sempre é o mesmo argumento, isso não vai mudar. E eles têm argumentado isso tantas vezes e chegam ao mesmo fim.
Mas mesmo então, as linhas paralelas, no que se refere aos amantes...
Em geometria elas podem começar a se encontrar, mas no amor não há qualquer esperança, elas não podem se encontrar.

E é bom que eles não possam se encontrar porque se os amantes pudessem satisfazer sua vontade de se tornar um ao nível do corpo físico, eles nunca iriam olhar para o alto.
Eles nunca iriam tentar descobrir aquilo que está muito mais oculto no corpo físico: a consciência, a alma, Deus.

É bom que o amor fracasse, porque o fracasso do amor, mais cedo ou mais tarde irá levar você a uma nova peregrinação.

A vontade irá atormentar você até que ela traga você ao templo onde o encontro acontece.
Mas o encontro sempre acontece com o todo... no qual o seu amante estará, mas no qual as árvores também estarão, e os rios, as montanhas e as estrelas.

Em tal encontro, somente duas coisas não estarão presentes: o seu ego não estará lá e o ego do seu amante não estará lá.

Além dessas duas coisas, toda a existência estará lá.
E esses dois egos eram verdadeiramente o problema, era o que estava fazendo deles duas linhas paralelas.Não era o amor que estava criando problemas, era o ego.

Mas a vontade não será satisfeita.
Nascimento após nascimento, vida após vida, a vontade irá permanecer, a não ser que você descubra a porta certa para ir além do corpo e entrar no templo.

Simplesmente mantenha a sua vontade fervilhando, acesa.
Não perca o coração.

A sua vontade é a semente da sua espiritualidade.
A sua vontade é o começo da união maior com a existência.
O seu amante é simplesmente uma desculpa.

Dhyan Amiyo, não fique triste.
Fique alegre.

Alegre-se por não haver possibilidade de encontro no nível físico.
Senão, os amantes não teriam caminho algum para a transformação.
Eles iriam ficar empacados um com o outro, eles iriam destruir um ao outro.
E não há dano algum em se amar um estranho.
Na verdade, é mais excitante amar um estranho.
Quando vocês não estão juntos, existe uma grande atração.
Quanto mais vocês estão juntos, mas a atração se torna embotada.

Quanto mais vocês se tornarem conhecidos um do outro,
ainda que superficialmente, menor será a excitação.
Muito cedo a vida se tornará uma rotina.
As pessoas seguem repetindo a mesma coisa, muitas e muitas vezes.

Se você olhar para as faces das pessoas no mundo, você ficará surpresa:
Por que essas pessoas parecem tão tristes?
Por que os seus olhos aparentam que elas perderam toda a esperança?

O motivo é simples: o motivo é a repetição.
O homem é inteligente.
A repetição cria tédio.
O tédio traz uma tristeza porque a pessoa sabe o que vai acontecer amanhã,
e depois de amanhã...

Até a pessoa ir para a sepultura, acontecerá o mesmo, a mesma história.

Um judeu e um polaco estavam sentados num bar acompanhando o noticiário na televisão.
No noticiário eles mostraram uma mulher em pé no terraço de um prédio ameaçando se jogar.
O judeu disse ao polaco:

"Eu quero fazer uma aposta com você. Se ela se jogar você me paga vinte dólares. Se ela não se jogar, eu lhe pago vinte dólares. Ok?"

"Tudo bem", disse o polaco.

Poucos minutos depois, a mulher se jogou do terraço e se matou.
O polaco pegou sua carteira e entregou vinte dólares ao judeu.

Poucos minutos depois, o judeu se voltou para o polaco e lhe disse, "Olha aqui, eu não posso ficar com esses seus vinte dólares. Eu tenho que lhe confessar que eu já tinha visto esse noticiário hoje mais cedo. Foi uma repetição."

"Não, não", disse o polaco, "fique com o dinheiro, você ganhou por honra e mérito. Fique sabendo que eu também vi esse noticiário hoje mais cedo na TV."

"Você viu?", disse o judeu, "Bem, então por que você apostou que a mulher não iria se jogar?"

"Bem", disse o polaco, "Eu não pensei que ela iria ser tão estúpida ao ponto de fazer aquilo duas vezes!"

Mas a vida é assim...
Essa tristeza no mundo, esse tédio e essa miséria podem ser mudados se as pessoas souberem que elas estão procurando pelo impossível.
Não procure pelo impossível.
Descubra a lei da existência e siga-a.

A sua vontade de ser um é o seu desejo espiritual, é a sua natureza religiosa verdadeiramente essencial. Você está apenas focando a si mesma no ponto errado.
O seu amante é apenas uma desculpa.
Deixe que seu amante seja apenas um experimento de um grande amor,
o amor por toda a existência.

Deixe que sua vontade seja uma busca de seu próprio ser interior.
Ali, o encontro já está acontecendo.
Ali, nós já somos um.
Ali, ninguém jamais está separado.

A vontade está perfeitamente certa, apenas o foco do desejo não está certo.
Isso está criando o sofrimento e o inferno.
Simplesmente mude o foco e a sua vida se tornará um paraíso.

_________________________

Osho,
em "The Hidden Splendor"
Tradução: Sw. Bodhi Champak
Fonte: Osho Brasil

________________________

Muita Luz!
Stela


segunda-feira, 27 de abril de 2009

OSHO: TORNE-SE SEU PRÓPRIO GUIA INTERIOR


TORNE-SE SEU PRÓPRIO
GUIA INTERIOR

OSHO


Não pense com a cabeça.
Realmente, não pense de maneira alguma.
Apenas mova-se.

Tente isso em algumas situações.
Será difícil, porque o velho hábito será de começar a pensar.
Você terá que estar alerta: não pensar, mas sentir interiormente o que está vindo à mente.

Você pode ficar confuso muitas vezes porque você não será capaz de saber se isso está vindo do guia interno ou da superfície da mente.
Mas logo você conhecerá o sentimento, a diferença.

Quando alguma coisa vem do âmago, parte do seu umbigo para cima. Você pode sentir o fluxo, o calor, vindo do umbigo para cima.
Sempre quando sua mente pensa, isso é só na superfície, na cabeça, e então vai para baixo.
Se sua mente decidiu algo, então você precisa forçá-lo para baixo.

Se seu guia interior decide, desse modo alguma coisa borbulha em você. Isso procede do núcleo mais profundo de seu ser em direção a mente. A mente o recebe, mas isso não é da mente. Isso vem do além - e é por isso que a mente fica assustada com isso. Isso é confiável porque vem de trás - sem qualquer razão, sem nenhuma prova.
Isso simplesmente borbulha.

Sempre quando você fica perplexo numa situação e você não pode ver como sair disso, não pense; apenas fique num profundo não-pensar e permita seu guia interior lhe guiar.
No princípio você se sentirá receoso, inseguro, mas logo, quando você chega cada vez a conclusão certa, quando você chega cada vez a porta certa, você irá reunir coragem e se tornará confiante.Se essa confiança acontecer, chamo isso de fé.
Essa é realmente a fé religiosa - a confiança no guia interior.

Racionalizar faz parte do ego.
É você acreditando em si mesmo.

No momento que você for fundo dentro de si mesmo, você chegou na própria alma do universo. Seu guia interior é parte da direção Divina.
Quando você a segue, você segue o Divino quando você segue a si mesmo, você está complicando as coisas, e você não sabe o que está fazendo.

Você pode pensar que você é muito sábio.
Você não é.
A sabedoria procede do coração, não do intelecto.

Sabedoria procede do seu ser mais profundo, isso não é da cabeça.
Corte sua cabeça, fique sem cabeça - e siga o ser, o que quer que, para onde quer que isso lhe conduza.

Mesmo que isso lhe leve para o perigo, vá para o perigo, porque esse será o caminho para você e seu crescimento.
Através desse perigo você irá crescer e tornar-se maduro.

Baixe essa mensagem em PPS, clicando AQUI


____________________________________

Osho: Trecho de The Book of Secrets.

Fonte: Forum OSHO - na rede social Anjo de Luz
http://anjodeluz.ning.com/
Postado por Crystal
___________________________________

Video:

Osho - Trecho de The Book of Secrets.





LINK YOUTUBE

______________________________________________

Abnegação da Mente.
Informações sobre alteração planetária


"Senhores(as) , a consciência onde é a sede de seus pensamentos mais elevados não será destruída. A mente e as construções mentais baixas serão removidas.

Estaremos em um plano onde a consciência poderá gerar formas mais livremente.
Isto está ocorrendo agora.
Com a infusão das energias Ultravioleta.

Muitos de vocês deverão já estar sentindo mudanças ou desorientações.
Isto ocorre pela dissociação ou desaclopamento que ocorre agora.
Vocês precisarão de exercer um experimento simples se quiserem não sentir muito quando o plano mental se desconectar de vez.

Isto ocorrerá conforme o planejado, e em breve.

Relembro que a queda do campo magnético da Terra e a inversão polar poderá apagar suas memórias mentais.
Porém não apagará suas memórias akáshicas e sua consciência.

Se usarem referencial mental poderão ficar perdidos.
Isto é sério.

Vocês precisam começar a buscar o estado de não pensamento pela meditação.
Isto só vocês poderão faze-lo.

Este exercício é simples.
Basta ao menos cinco minutos por dia.
Apenas ser você mesmo.
Evitar pensar.
E agir com sua consciência e não com a mente.

Este ponto permite um trabalho mais sutil.
Que é a manifestação direta da consciência sem a implementação da estrutura simbólica do pensamento.

Em breve fazendo este exercício, de forma mais contínua, vocês estarão prontos para exercer a manifestação direta de vossa consciência sem o recurso de sua mente.

A única chave primária para isto é apenas ser.
Só ser.
Nada mais.

Que a Divindade nos Proteja à todos."



Fonte: Grupo Saint Germain
Colaboração: Nice


MUITA LUZ!
STELA



domingo, 26 de abril de 2009

PARA SUA CRIANÇA INTERIOR

PARA TODAS AS CRIANÇAS,
DE 0 A 100 ANOS!
KRYON



Por alguns anos, muitos têm perguntado se é possível que haja uma canalização de Kryon feita especialmente para as crianças. Desde que todo o assunto sobre as crianças índigo foi publicado pela primeira vez em um livro de Kryon, parecia muito apropriado que ele pudesse e faria tal coisa.

Portanto, para aqueles que requisitaram, nós apresentamos uma das duas canalizações gravadas e transcritas a partir de Kryon enquanto nos sentávamos com crianças em um seminário no Texas há alguns anos atrás. Havia uma sala cheia de crianças, com idade variando de 3 a 12 anos. Havia também um casal de bebês, e alguns pais e avós que também desejavam participar! A apresentação começa com minha introdução, e se encaminha para Kryon se dirigindo diretamente às crianças. Tendo sido publicado pela primeira vez no The Sedona Journal of Emergency, em 2001, este texto esteve enterrado em um armário durante todo este tempo, e apenas recentemente foi descoberto e transcrito.

Lee falando ao vivo...

Oi crianças!
Dou as boas-vindas a todas vocês.
Eu percebo que o mais jovem tem aproximadamente dois meses e o mais velho aproximadamente 74 anos de idade. Não levante suas mãos se você for o mais velho, eu sei quem você é!

Esta não é uma ocorrência usual. Só fiz isso apenas uma outra vez anteriormente, e imagino que eventualmente haverá uma situação onde este tipo de canalização curta será publicada em livro, algum dia. Se fizermos uma dessas por ano, no entanto, demorará décadas antes que o livro seja compilado!

Se você está aqui e tem entre 9 e 20 anos, eu peço desculpas por terem vindo para uma canalização para crianças, pois todos nós sabemos que vocês não são mais crianças, não é mesmo? [Piscadas de Lee.] Mas, na verdade isto é para todos nós, mesmo que as crianças estejam aqui só para isso.
[Uma criança na audiência grita. Lee faz uma pausa e olha para a criança.]
Às vezes, me sinto exatamente igual a você!
Mas não posso fazer isso! Os adultos não me deixariam.
Está bem, isto é apenas para crianças.

Não sei se vocês sabem o que é uma canalização, mas não é uma coisa esquisita ou estranha, pois vocês mesmos fazem isso algumas vezes, apenas não admitem. Eu sei que vocês fazem!
É quando vocês conversam com seus anjos e recebem respostas.
Alguns de vocês até mesmo vêem os anjos, mas não contam sobre isso aos adultos.

Vou dizer o que vai acontecer agora: eu sou Lee Carrol, este é meu nome e irei me juntar com um anjo chamado Kryon.

Talvez vocês não vejam um anjo ou mesmo grandes asas ou coisas do tipo, mas fecharei meus olhos, e nós teremos uma mensagem especial para vocês vinda deste anjo especial.
Vocês provavelmente escutaram o nome Kryon antes, pois é por isso que todos esses crescidinhos se sentam aqui com vocês. Na verdade, eles os trouxeram aqui. Mas este momento é para vocês; portanto, finjam que eles não estão na sala.
Tudo isto é a respeito de um anjo especial, Kryon, e uma mensagem especial apenas para vocês. Vocês não precisam fechar seus olhos quando eu fizer isto. Na verdade, vocês não precisam fazer nada, mas eu os convido a apenas observarem e escutar.
Quando Kryon chega, pode haver uma história para vocês... deixem-nos ver o que acontece.

[A sala fica em silêncio.]

Saudações, meus queridos, e pequeninos,
eu sou de fato Kryon do serviço magnético!

Não deixem isto iludir vocês, porque na verdade eu sou um anjo, e algo sobre mim é diferente com relação a vocês e aos adultos que estão aqui. Isto é porque eu nunca fui um ser humano, nunca! Mesmo que seja difícil explicar, isso significa que tenho alguns dos sentimentos das crianças. Isso também significa que eu posso compreender o que vocês estão pensando.
Isso me permite amar e auxiliá-los melhor!

Antes de começarmos com nossa história, nós falaremos para aqueles que são apenas um pouco mais velhos do que vocês, que também estão nesta sala e lendo as palavras em uma página que será impressa algum dia. Peço que sejam pacientes por alguns instantes enquanto falamos para eles. Depois disto, nós começaremos a nossa história.

Para vocês, meus queridos, que não são mais crianças, mas que podem se lembrar de alguns anos atrás quando eram, gostaria de lembrar-lhes de algo: vocês se lembram de quando eram pequeninos e olhavam para os adultos?

Talvez tenham visto algo nos crescidinhos sobre o qual nunca falaram a respeito.
Isto é porque era muito privado, mas eu sei o que vocês pensaram naquela época.
Vocês olharam para os adultos e disseram para si mesmos: "Eu não quero ser daquele jeito porque os crescidinhos perderam a sua graça! Eles não riem mais. Eles não sabem mais como brincar."

Então, a mensagem para vocês é esta: não percam a alegria das crianças, pois a alegria dos pequeninos que se sentam aqui é preciosa! É o catalisador para a iluminação! E pode ser mantida por todas as suas vidas. Vocês ainda podem brincar!
Este é um momento precioso para vocês, mas é também um momento quando são capazes de se esquecerem da alegria.
A escolha é sua.

Os adultos usam alguns ditados que são assim: "Quando era uma criança, eu falava e pensava como criança, mas quando eu cresci, eu deixei de lado as coisas de criança."
Agora, nós dizemos a vocês, não deixem a criança de lado!
Mantenham a alegria que sempre estará lá e é o segredo para encontrarem o anjo invisível que está dentro de vocês.

Agora, nós nos dirigimos aos pequeninos.
Eu agora falo a vocês como um anjo, e tenho uma mensagem que até nem mesmo os crescidinhos nunca escutaram antes.

Crianças, vocês sabem que os anjos nunca crescem?
É verdade! Eles têm sempre a mesma idade.
Os crescidinhos vêem os grandes anjos e pensam que eles são anjos crescidos também, mas eles nunca são. Eles são sempre crianças em grandes corpos. Eles têm sempre a mesma idade. É um tipo de segredo, mas eu acho que vocês sabem disso, não é mesmo?

Nós temos algo mais para dizer a vocês, e é isto: há um anjo com vocês em todos os momentos. Sabiam disso? Vocês podem dizer: "Eu nunca vi meu anjo. O que você quer dizer, Kryon?"
Eu direi.

Conheço uma história sobre uma pequena criatura que também tem este mesmo problema.
Ele costumava dizer: "Existe uma coisa que eu nunca vi, então como posso saber que ela está lá?"

É uma história sobre coisas que não se pode ver, feita especialmente para vocês.
Este anjo, Kryon, que está falando com vocês agora mesmo, e que também é uma criança, sabe como contar estas histórias com a ajuda do meu parceiro, Lee, que também nunca cresceu! [Risadas da platéia.]

Nós gostaríamos de contar a história de Bernie, o pássaro.
Bernie, o pássaro, era o pássaro que tinha medo de voar.
Queremos contar a história de como isto aconteceu, porque é uma história maravilhosa, freqüentemente contada na passarolândia. Todos os pássaros se lembram de Bernie, o pássaro que tinha medo de voar.

Bernie cresceu em um ninho extremamente elevado.
Vocês devem saber como os pássaros são ensinados a voar.
É algo espetacular, mas também muito amedrontador.
Porque quando um pequeno pássaro está preparado, a mamãe e o papai pássaros, gentilmente empurram-no para fora do ninho quando não estão olhando! Vocês sabiam disso?

Os pássaros caem naturalmente, mas logo, logo, de alguma forma, eles sabem que precisam abrir suas asas e começar a planar, e ao fazerem isso, de repente, o vento lhes dá sustentação e então eles sobem! A queda, anterior ao momento em que abrem suas asas é muito difícil, mas mamãe e papai pássaros não podem ensinar-lhes a como voar dentro do ninho. Pensem sobre isto!
Não se fazem muitos vôos dentro de um pequeno ninho!

Bem, Bernie não queria saber de nada com relação a este processo.
Ele viu sua irmã quando foi empurrada para fora do ninho em uma destas manhãs e observou que ela caía, caía e caía. E, no último segundo possível, sua irmã abriu suas asas e planou como louca. Finalmente ela voou! Mas para Bernie parecia que ela houvesse quase caído no chão antes que soubesse o que fazer, e Bernie ficou apavorado. Ele não queria nem saber de voar!

Bernie disse:
"Não há nenhuma razão para que eu deva fazer esse tal negócio de voar.
Há algo de errado com todo esse sistema."

Bernie convenceu seu irmão, Bobbie, de que esse negócio de voar era uma coisa estúpida.
Bobbie também não queria saber de voar e correu para sua mãe para contar-lhe sobre isto. Bobbie disse que não desejava voar, pois tinha medo, e na verdade não precisava disso, já que o ninho era um lugar legal e ele queria permanecer lá. Mamãe deu uma longa olhada para ele e imediatamente empurrou-o para fora do ninho!

Bobbie caiu, caiu e exatamente no fim, abriu suas asas e planou, planou e para cima ele foi. Bernie assistiu a tudo isto. Ele era o mais jovem, tendo nascido pelo menos dois minutos depois de todos os outros, e sabia que seria o próximo.

Pensou consigo mesmo: "Não me importa se meu irmão e minha irmã passaram por isto. Ninguém vai me empurrar para fora deste ninho, porque eu não preciso voar. Isto não é para mim!" - Bernie precisava fazer um plano.

Uma noite, quando todos estavam dormindo, Bernie encontrou uma corda.
Era algo que papai havia trazido para o ninho para dar-lhe suporte.
Às vezes, ao construir um ninho, todo tipo de coisas se combinam para torná-lo mais forte, e lá estava uma corda enterrada entre os gravetos e folhas que compunham o ninho. Bernie decidiu amarrar esta corda à sua perna, e a outra ponta a uma parte firme do ninho, de forma que, se sua mãe o empurrasse para fora quando não estivesse esperando, ele cairia apenas alguns centímetros e seria salvo da queda.
[Gargalhada de uma criança.]

Hei, era um ótimo plano!
O problema é que Bernie nunca tinha ido a nenhum acampamento para escoteiros; portanto, ele realmente não sabia como fazer nós de pássaros! No entanto, ele fez o melhor que podia e deu um nó o qual pensou que funcionaria e o escondeu cuidadosamente ocultando-o da visão de sua mãe quando ela estava por perto. Exatamente na noite seguinte, quando ele estava dormindo, sua mãe o empurrou para fora do ninho!

Funcionou!
Ele foi para baixo e a corda o segurou.

Lá estava Bernie, pendurado no ar a uns 20 centímetros abaixo.
Estava um pouco escuro e mamãe, pensando que estivesse lá embaixo, planando e aprendendo a voar, voltou a dormir. Bernie se segurou lá silenciosamente, pensando o quão esperto ele era. Então, escalou a corda com seu bico e se aninhou de volta em seu lugar quentinho e macio.
Ele estava muito feliz por não ter que voar e cair como sua irmã e seu irmão.
Então ele voltou a dormir.

Na manhã seguinte, quando sua mãe acordou, ela viu Bernie lá, no ninho, com a corda amarrada e tudo, e então disse para ele: "Bernie! O que você faz aqui?" Ela apontou [com seu bico] para a corda, que Bernie havia esquecido de tirar de sua perna. Estava muito brava. "Acho que é a hora do papai assumir o controle!" ela exclamou. "Ele conversará com você sobre tudo isto."Bernie pensou consigo mesmo: "Como sou estúpido! Me esqueci de tirar a corda! Agora o papai vai entrar em cena. Droga!"

Papai, de fato, voltou para o ninho em tempo.
Ele era um enorme pássaro com um monte de penas.
Bernie tinha um pouco de medo do seu pai devido ao seu tamanho.
Mas papai era um pai amoroso e perguntou a Bernie: "Bernie, o que está acontecendo? Todos os pássaros voam. Apenas olhe ao seu redor. Todos estão voando. Isto é coisa dos pássaros, e você precisa aprender! Por que você não deseja voar? Por quê?"
Bernie pensou por um momento e disse: "Tenho medo, papai."
"Por que você tem medo?"
perguntou o pai de Bernie.
"Observe sua irmã, seu irmão, eu e sua mãe. Todos nós voamos. Olhe ao seu redor. Seus amigos voam... pássaros voam, Bernie. Você é um pássaro."

"Papai, eu tenho medo porque não há nada lá! Você fala sobre o ar que se supõe deva sustentar nossas asas. É invisível. Quase não funcionou. Você viu meu irmão e minha irmã quando caíram? Eles quase não conseguiram!"

Seu pai pensou por um momento: "Mesmo que você não consiga ver o ar, Bernie, ele estará debaixo de suas asas. Tudo o que precisa fazer é abrir suas asas e enquanto estiver caindo o ar irá conduzi-lo para cima. É assim que todos nós voamos. É invisível, mas está lá."

"Isto é apenas magia", disse Bernie. "Você não pode ver o ar. Você não pode me dizer que existe ar, porque você não pode vê-lo. Não está lá. Talvez a mágica funcione para você, mamãe, meu irmão e minha irmã, mas eu preciso ver isto antes que acredite. O ar é invisível. Como vou saber que você não está tentando me enganar? Eu não sei como voar, mas não existe tal coisa como o ar porque eu não posso vê-lo."

Bernie fez uma pausa e então continuou: "Papai, eu quero entender isto. Olha, por que eu preciso voar? Gostaria de iniciar uma nova linhagem de pássaros, chamados Pássaros Andantes. [Gargalhadas.] Por que preciso ser igual a todo o resto? Eu terei uma boa vida. Eu descerei pela árvore, encontrarei um pequeno inseto, e então retornarei para cima da árvore. Terei uma boa vida. Encontrarei uma esposa Pássaro Andante em algum lugar. Nós teremos passarinhos Andantes. Uma nova linhagem irá nascer. Algum dia, eles olharão para trás e dirão: ‘Este foi o início da grande linhagem chamada Pássaros Andantes’."

O pai de Bernie olhou para ele por um longo tempo.
E então murmurou: "Pássaros Andantes?" fazendo cara de louco.
"Bernie, acho que já é hora de apresentá-lo a Sigg."
"Quem é Sigg?",
perguntou Bernie um pouco hesitante.
"Bem, é um pássaro migratório, o Doutor Cérebro de Passarinho."
[Risadas.]

"Precisaremos chamar Sigg para ver você.
Mas, Bernie, o Doutor Cérebro de Passarinho é muito sensível.
Não o chame de Doutor Cérebro de Passarinho.
[Trocadilho da língua inglesa: Birdbrain significa estúpido].
[Risadas.]
Esteja certo de chamar-lhe de O Pássaro, Doutor do Cérebro.
Nenhum médico deseja ser chamado de Cérebro de Passarinho."
[Gargalhadas.]

"Papai, não importa o que o Dr. Sigg irá me dizer. Ninguém pode me convencer de que o ar é real. Eu não posso vê-lo."

Então, aconteceu.
Mais tarde naquela noite, Bernie estava dormindo, sua mãe veio até ele silenciosamente e lentamente retirou a corda de segurança que ainda estava em sua perna. Então, ela o empurrou para fora do ninho!

As coisas aconteceram muito rápido.
Ele caiu e caiu. Foi uma experiência horrível!
Ele estava muito amedrontado.
Ele se sentiu congelar de medo.
Observou os galhos da árvore passarem rapidamente e o chão se aproximando cada vez mais.

Pensou consigo mesmo:
"Eu preciso abrir minhas asas, mas eu não acredito no ar.
Não posso acreditar porque ele não é real; não posso vê-lo. Não posso fazer isso!"

Dito e feito, ele não abriu as asas.
Ele estava se dirigindo diretamente para o chão e sabia que ia cair de bico, acabando como uma vareta cravada no solo... com suas pernas apontando para o ar!

Terminaria petrificado no chão de cabeça para baixo.
Ninguém seria capaz de retirá-lo de lá, e ele seria como uma estátua no parque.
Ele sabia o que os pássaros faziam com as estátuas humanas, e ficava imaginando o que os humanos fariam com uma estátua de pássaro!

De repente, Bernie acordou.
Era tudo um sonho! [Gargalhadas.]
Que pesadelo havia sido aquele!

Pen, Pen...

Bernie acordou pela manhã, como de costume.
Lá estava ele, o Pássaro, Doutor do Cérebro.
Sigg estava lá, bem no horário.
"Bom dia, Bernie," disse Sigg.
"Bom dia, Senhor Doutor Cérebro de Passarinho."
"Eu sou Pássaro, Doutor do Cérebro", disse Sigg. "Não se esqueça disso, filho."
"Ok, Doutor Cérebro de Passarinho."
"Bernie!" exclamou o Doutor!
"Desculpe-me, desculpe-me", disse Bernie... mas, na verdade, não sentia nada.
[Risada de uma criança.]

"Bernie, do que tem medo?" perguntou o doutor sinceramente.

E Bernie começou de novo:
"Eu não posso acreditar no ar. Eu também não posso vê-lo. Eu sei que todos vocês estão voando... flap, flap, flap... [Bernie estava fazendo uma gozação com o ato de voar]. Mas, isto não funciona para mim, pois eu preciso vê-lo! Senhor Doutor Cérebro de Passarinho... senhor."

Sigg franziu as sobrancelhas para Bernie devido ao seu tom irônico.
Bernie estava se divertindo.
Ele sabia que o Dr. Sigg não gostava de ser chamado de Doutor Cérebro de Passarinho, no entanto, toda vez que se dirigia a ele, Bernie dizia "Senhor Doutor Cérebro de Passarinho".

Sigg disse a Bernie:
"Bernie, você está com medo porque não pode ver o ar. Mas do que realmente tem medo?"

"Bem, Doutor Cérebro de Passarinho, senhor, eu tenho medo de cair e morrer de encontro ao chão, que parece se aproximar muito rápido quando os pássaros caem do ninho. Estou apavorado!"

Bernie, achou aquela uma pergunta estúpida e portando, respondeu de forma estúpida também.

"O que exatamente faz um pássaro cair?" perguntou Sigg ao seu jovem aluno.
"Bem, ehh, eu acredito que seja a gravidade", disse Bernie.
"Hmmm. Gravidade." Sigg fez uma pausa.
"Sabe, Bernie, você não pode realmente ver a gravidade, pode?"

Bernie pensou por um momento.
"Bem, não. Não, eu não posso ver a gravidade."
"Mas, você acredita na gravidade, Bernie. Então mostre-me?"

Bernie pensou e então falou.
"Bem, eu posso lhe mostrar a gravidade. Se eu pular para fora do ninho, cairei e morrerei.
Ha, ha! Isto é a gravidade."

Bernie estava orgulhoso por ter respondido à difícil pergunta.

"É exatamente isto!" disse o doutor.
"Você pode provar que ela existe tão logo pule para fora do ninho. Bernie, você também pode provar que o ar existe, assim que pular do ninho, tanto quanto a gravidade, pois ele também está lá, assim como a gravidade. Você não pode vê-lo, mas ele está lá."

Bernie não gostava do rumo que a conversa estava tomando.
Sigg, por outro lado, havia terminado sua consulta e então partiu... voando como fazia.
Ao invés de pular para frente e voar, Sigg gritou para Bernie enquanto pulava para fora do ninho, indo para baixo, parecendo cair.

"Gravidade, Bernie!" gritou Sigg enquanto caía em linha reta.
"Ar, Bernie!" disse Sigg enquanto abria suas asas totalmente.

E então ele planou suavemente.
Podia-se ouvir o Doutor Cérebro de Passarinho enquanto se afastava...
"Os dois são invisíveis... os dois são reais!"

Bernie ficou em silêncio por um bom tempo.
Ele pensou e pensou.

Finalmente disse:
“Sabe de uma coisa, o Doutor Cérebro de Passarinho está certo. Só porque não posso ver algo, isto não quer dizer que não exista. A gravidade está sempre aí. Talvez, o ar também. É disso que eu realmente tenho medo. Não saberei enquanto não tentar.”

Sigg, O Pássaro, Doutor do Cérebro, mostrou para Bernie que era interessante o fato de haver algo que não se pudesse ver, como a gravidade, mas que se soubesse que estava lá, já que alguém poderia morrer se caísse de uma grande altura. Mas, ele também mostrou que Bernie não acreditava em algo tão maravilhoso como o vôo, usando-se o ar para isso.
Bernie percebeu que ele estava realmente com medo da gravidade!

Talvez o ar invisível pudesse ser como a gravidade invisível, porém podendo salvá-lo?
Bernie decidiu que voaria no dia seguinte.
Ele seria corajoso e então contou a todos os pássaros da floresta e dos outros ninhos a sua façanha.

Disse a todas as crianças-pássaro que estavam observando:
“Eu vou conseguir! Eu vou conseguir!”

Na manhã seguinte, Bernie se colocou na ponta do ninho.
Muitos se juntaram para ver, afinal de contas, toda a comunidade dos ninhos sabia sobre o problema de Bernie. Parecia que sempre que o Pássaro, Doutor do Cérebro, visitava algum pássaro, todos os outros ficavam sabendo.
Esta é uma outra história e será contada em outra ocasião.

Bernie permaneceu firme.
Mais uma vez ele anunciou a todos que era hora de confiar naquela coisa invisível chamada AR! Falou por um bom tempo sobre confiança e sobre coisas invisíveis, e então com grande coragem e cerimônia, se lançou ao ar caindo do ninho!

Imediatamente Bernie se encontrou balançando de um lado para o outro a uns 20 cm abaixo do ninho. Ele se esquecera de desamarrar a corda!
[Risadas.]

Bernie ficou muito embaraçado e se sentiu humilhado.
Toda a floresta estava rindo!
Até os não pássaros estavam rindo.
Ratos e esquilos também!

Ele podia escutar a floresta ecoando com as palavras:
"Pássaro Andante... o grande Pássaro Andante!"

Então, Bernie soube que tudo o que havia dito havia sido espalhado por toda a floresta.
Ele precisava acertar.

Ele subiu de novo pela corda, deu uma outra inspirada naquela coisa invisível chamada ar, e olhou ao seu redor. A floresta estava silenciosa mais uma vez.

Vocês sabem, bebês pássaros não fazem isto por conta própria.
Eles são surpreendidos enquanto dormem e são empurrados para fora do ninho quando menos esperam. Nunca fazem isto por si mesmos.

De alguma forma, os outros pássaros sabiam que estavam vendo algo diferente.
De alguma maneira, os adultos se lembraram de como foi a sua primeira vez.
Bernie, o voador relutante, fundador da nova linhagem chamada "Pássaro Andante", estava próximo a se jogar para fora do ninho... desta vez sem as cordas.
E para baixo ele foi.

O medo tomou conta dele enquanto acelerava em direção ao solo.
Isto não era um sonho. Desta vez era real!

Enquanto Bernie observava os galhos da árvore passando rapidamente, e o chão correndo em sua direção, ele escutou uma voz interna dizendo:
"Asas! Asas! Abra suas asas!"

"Estou com medo. Estou apavorado!" gritou Bernie em sua mente.

Então, finalmente, assim como sua irmã e seu irmão haviam feito, no último momento, ele abriu aquelas pequenas e franzinas asas, que nunca haviam sido usadas e começou a planar.

Com certeza, aquele sistema de suporte invisível chamado ar assumiu o controle.
A magia do vôo, que havia sido tão boa para sua mãe, seu pai e seus irmãos, aconteceu.
Ele sentiu a elevação e foi direto para o alto!

Bernie não se cansava.
Ele voou o dia inteiro.
Voou e voou.

Voou tão alto quanto podia, até que suas asas se cansassem,
celebrando a coisa invisível chamada AR.

Voou ao redor das árvores e gritou:
"Vejam! Estou voando!"
Como se nenhum pássaro tivesse feito aquilo antes!

Todos aplaudiram Bernie – não porque estava voando, mas pela coragem do pássaro que havia feito aquilo por ele mesmo.

É uma história simples, não é?
É muito divertido pensar sobre Bernie e sua confiança no invisível.

Agora diremos a todos vocês o que isto realmente significa.
Alguns de vocês já sabem, não é?

Pequeninos, há um anjo com vocês agora mesmo.
Há um anjo que nasceu junto com vocês, com o qual vocês podem conversar a qualquer momento que desejarem.
É um anjo legal.
Um anjo que ama vocês.

Ele tem a mente de uma criança e sabe até o que vocês pensam.
É um anjo que adora brincar com os brinquedos com os quais vocês também brincam.
É um anjo que irá crescer enquanto vocês crescem.
É um anjo que estará sempre disponível e poderá lhes ajudar a qualquer hora.

Alguns de vocês podem dizer: "Eu não vejo nenhum anjo!"
Isto é porque é invisível, assim como o ar era invisível para Bernie.

Nós podemos até dizer que este anjo irá levar-lhes para o alto, mesmo quando estiverem em apuros, mesmo quando estiverem tristes e as coisas não estiverem indo bem.

Este é um anjo que lhes dá suporte com uma energia invisível, mesmo quando estiverem caindo na escuridão do medo.

Queremos que se lembrem disto, porque esta criança angelical estará com vocês por toda a vida.

É bela.
Não se pode vê-la, mas como Bernie descobriu, é muito, muito real.

Talvez vocês queiram saber mais sobre seu anjo?
Então apenas perguntem!
Mesmo que não possam ver ou escutar o anjo, como uma pessoal "real", a emoção do amor e da amizade será a coisa "real" que prova que ele está aqui!

Você é um adulto?
Para onde foi o anjo-criança?
Ainda está com você, ou você o descartou enquanto crescia?
Ele sorriu com a história de Bernie?

Talvez seja a hora de encontrá-lo, pois ele nunca vai embora.
É seu para toda a vida, e ele o chama para ir para fora e brincar.

Então, verdadeiramente, esta é a história para o adulto, pois o medo é do adulto e não da criança. É o medo daquele que não deseja deixar o ninho do intelecto e da aparente realidade, voando para as alturas de se tornar uma criança de novo... de brincar de novo, e da alegria de acreditar no invisível.
E assim é!

Kryon.



Colaboração: Thais Marzagão
Obrigada Thais!!

Beijos de Luz!!
Stela