sexta-feira, 18 de outubro de 2013

VALE A PENA LER DE NOVO! - O CATALIZADOR DE MILAGRES


O CATALIZADOR DE MILAGRES
"O Início da Compreensão Interdimensional"
Canalização ao vivo de Kryon
Chicago, Illinois
Setembro de 2000
Kryon canalizado por Lee Carrol



Saudações, meus queridos.
Eu Sou Kryon do Serviço Magnético.

Neste momento, queremos reter a preciosidade desta energia. Nestes momentos preciosos, este lugar está cheio de uma vibração suficientemente grande, capaz de envolver todos os Seres Humanos que aqui vieram, inspirados pela intenção da sua natureza divina encoberta. Este lugar é muito importante e está cercado por uma bolha de amor! E este amor provém, plenamente, de todos os presentes.

Já dissemos antes: é uma reunião de almas, almas que vocês sentem como únicas, embora saibamos que são muitas. Mas, até quando estão sentados nessas cadeiras ouvindo ou lendo isto, são «muitos de um» e, no entanto, consideram-se, individualmente, como únicos. Faz parte do desencanto, queridos Humanos.

Obrigado pela energia que está sendo manifestada aqui; damo-nos conta e sentimos, realmente, a riqueza da Família...

Há uma tremenda relembrança quando vocês conseguem chegar ao outro lado do véu e experimentam a energia que são na realidade. Compreendem que fazem parte da Arca da Aliança, do Santo Graal, tal como compreendem as «peças» espirituais que «faltavam», enquanto partes misteriosas e divinas do universo.

Nem tudo é o que parece ser.



A mensagem de Kryon, desde o princípio, tem sido: Encontrem a Divindade dentro de vocês.

Esta tem sido, permanentemente, a minha mensagem. E, o que é irônico, é que as crianças já a conhecem. Falamos das almas dos Índigos que estão «aqui», mas que ainda não nasceram

(evidentemente Kryon sabe que há grávidas na audiência e dirige-se às futuras mães... incluindo aquelas que estão lendo isto, neste momento).

Bom, deixem-me dizer que essas crianças sabem o que se está se passando agora.

Essas almas preciosas, algumas das quais representam um grande desafio para os seus pais, vêm para a Terra «por contrato». Seja o que for que venha a ocorrer depois, vêm por contrato. Vocês sabem quem elas são e elas sabem quem vocês são. Cara mãe, em breve irá conhecer um velho amigo.

Bendito seja esse dia...
Não se esqueça destas palavras.

Meus caros Humanos, nos últimos meses temos falado da interdimensionalidade do Espírito. Temos dito que a energia deste ano (2000) é o começo de um ciclo de doze anos, e temos convidado vocês para que descubram a interdimensionalidade que já está acessível.

As malhas foram colocadas em tal posição que, em nível celular, os componentes e os acessórios de quem vocês são, foram preparados. Esta preparação permite-lhes, agora, compreender a interdimensionalidade. E, onde há compreensão, há ação. «Que tipo de ação, Kryon?», perguntarão.Trata-se da ação através da qual os Seres Humanos individuais decidem elevar-se acima do plano onde sempre estiveram, até um nível onde estão em paz com as suas vidas; através da qual aceitam e compreendem a responsabilidade por tudo aquilo que está acontecendo à sua volta; através da qual não receiam o futuro.

Agora, devem erguer-se e dizer:

«Eu estou aqui como uma parte de Deus e, enquanto estiver na Terra, serei um Farol de Luz e uma âncora. Serei uma fonte de refúgio para os meus amigos com problemas. Serei um lugar de paz, num tempo de distúrbios. Estarei cheio de soluções em vez de desafios. Estarei lidando com muitas coisas ao mesmo tempo, coisas em que outros nunca tocariam por lhes parecerem muito difíceis. Usarei um ‘Manto de Divindade’. Serei um Farol de Luz na tempestade da vida.»

Este é o trabalho.

Queridos Humanos, há muitos Faróis de Luz nesta sala. Esses sabem que me dirijo a eles, não é? Porque vocês conhecem os princípios do que está acontecendo aqui. Esta é uma sessão de ensinamentos. Aliás, sempre é assim. No entanto, o que nós gostaríamos de fazer, nestes momentos, era sentarmo-nos e amá-los. Gostaríamos de “tocar-lhes” na cabeça e nos ombros, para saberem que estamos aqui. Adoraríamos abraçá-los para que saíssem daqui com a certeza de que o Espírito esteve nesta sala.

Não faltará quem diga que isto é falso, quem diga: «Isso não pode ser verdade. O Espírito não pode fazer tal coisa. Deus não age assim.»

Bom, esses estão experimentando um bloqueio da realidade da quarta dimensão (4ªD).

Deus age assim permanentemente. Aliás, Deus pode agir assim onde vocês quiserem. Não têm que vir a uma reunião como esta, não têm que se sentar em frente de autores e canalizadores. Mais ainda: não têm que se sentar em frente de curadores e conferencistas, para que esta energia se apresente. Podem ir para o menor local da casa e fazer com que a Divindade lhes toque. Podem obter a cura dentro de sua estrutura celular, porque o anjo, aí, é realmente poderoso.

Nenhum de vocês é mais poderoso do que o outro.
São todos iguais, todos são divinos.
Vocês são todos espetaculares em seus potenciais...

Esta é a mensagem de Kryon.
Que comece o ensinamento!

Os conceitos que apresentamos esta noite não são novos. Alguns deles já foram dados, até recentemente, embora nenhum deles tenha sido transcrito. Por isso, escolhemos esta reunião para a transcrição. Fazemo-lo para lhes fornecer informação acerca daquela parte de vocês, daquilo que vocês são, mas de que nem sempre estão conscientes. É uma parte interdimensional de vocês mesmos, cujos potenciais ainda não foram totalmente entendidos.

É tempo de revelar como funciona o Ser Humano de 4ªD, desde onde toca outras dimensões. No passado, meus caros, falamos do «Três em Um»; hoje, vamos dar algumas informações sobre alguns dos atributos deste trio. Alguns chamam-lhe «Trilogia», outros «Trindade»; outros, mais simplesmente, referem-se a ele como o «Três em Um»! Seja como for, todas as descrições se referem às três energias que integram o Ser Humano completo.

Falamos agora do «três» embora já tenhamos falado dele anteriormente. Convidamos para que olhem para o «três», o que, evidentemente, representa ¼ do doze. Não é por acaso que haja três porções de energia no Ser Humano, essas às quais queremos nos referir, porque o «três» representa ação. Também é um catalisador, porque, onde existe o «três», existe potencial para muito mais. Ainda que alguns não possam entender isto, há outros que compreendem plenamente. O «Três em Um» é um conceito interdimensional, mas só é «Um» quando o vivem na 4ªD.

«Do que é que está falando, Kryon?»

Estamos falando de algo que, literalmente, faz parte do tecido dos sistemas de crenças do planeta, algo que está identificado e ao qual vocês só se referem metaforicamente. Estamos falando das três energias, bastante diferentes, que conformam cada Ser Humano. Queremos falar de algo que alguns chamam «Pai, Filho e Espírito Santo».

Anteriormente, atribuímos outros nomes a essas energias: Adulto, Criança e Ser Superior.

Ora, esta é a nomenclatura, o tipo de termos que usaremos ao longo desta lição.

Há ensinamentos profundos relacionados com estas três energias, de forma que os juntaremos numa sinopse..., como diria o meu sócio. Trata-se de um panorama geral, de uma grande simplificação das energias destes três vetores. São dados a vocês para que possam compreender e para que nos seja possível apresentar alguns aspectos importantes acerca do que representam... Há alguns aqui, que precisam ouvir isto!

Estamos, realmente, perante uma estruturação, e é preciso que ela exista dentro da psique humana. Há, de fato, Divindade no «três», mas também há dualidade. Todas estas coisas estão juntas, naquilo a que temos chamado «Três em Um». Notem que usamos a expressão «Três em Um», porque nenhuma das partes é mais importante do que a outra. Todavia, têm atributos que, agora, passaram a ser importantes para o seu caminho...

É importante explicar isto um pouco melhor.

O Adulto

Comecemos pelo Adulto, o «Pai» como é chamado por alguns, e que é uma das partes do «Três em Um».

Vejamos alguns dos atributos do Adulto, que devem conhecer:

Qual é a responsabilidade da parte adulta da energia, no corpo humano?
Enquanto andam por aí, o que é suposto esperar dessa parte adulta?

A sua parte adulta, o «Pai», é aquela que recorda.
É o seu Adulto que, vida após vida, experimentou os infortúnios, o karma, as provações.
É esta parte que desperta espiritualmente.

Estamos aqui com um grupo de membros da Família que está despertando, aqueles cujos nomes conhecemos! Alguns de vocês começaram agora a recordar que isto é real e que é certo, porque começaram a «sentir-nos». O Adulto é a parte que recorda e que desperta espiritualmente, é a zona estruturada. Neste contexto, é a parte experimentada, aquela que desperta. É a que lida com o contrato (o contrato espiritual).

Já falamos disto.

O «contrato» é a metáfora mais elevada que podemos utilizar para representar a atual situação. Reparem na palavra «contrato», e vejam que, até no seu idioma, implica mais do que uma assinatura; é, pelo menos, um acordo entre entidades. Ora o seu contrato principal era, simplesmente, existirem como Seres Humanos, no planeta. Mas já dissemos antes que, devido à presença desta Nova Energia, os seus contratos, que são individuais, foram alterados — certamente foram anulados — por isso estão tratando de fazer outros.

Alguns tremem, em face da Nova Energia; perguntam-se o que está acontecendo com as suas vidas. Todavia, o caminho que se abre à sua frente está em branco. E é o Adulto que percebe o potencial e que conhece os contratos. Seguidamente, surge a responsabilidade. A energia do Adulto é responsável. Trata-se da responsabilidade de reconhecer que planejaram tudo aquilo que já aconteceu a vocês.

Já dissemos várias vezes.

Aqui estão os que... (Pausa)...

Abençoados sejam os anjos disfarçados de Seres Humanos que estão sentados ouvindo — e lendo estas palavras — e que descobriram o significado da dádiva da morte! (Resumindo) Há aqui alguns, e mais do que um, que olharam para o passado, para a dor das suas vidas, e reconheceram a Divindade naquilo que ocorreu.

Bem... hoje temos muita informação.

Aqui está um presente para vocês, que talvez alguns já saibam: a entidade amada que partiu, por quem a família tanto sofreu, está com vocês para toda a vida.

Lembram-se? Se pressentiram a presença dessa pessoa amada, tinham razão. Não foi uma ilusão! De fato, muitas vezes, os contratos de vida não terminam com a morte humana; continuam ao longo de toda a sua vida. O Adulto compreende isto. Em breve teremos mais informação a respeito de como funciona isto, na realidade.

Quem são aqueles que desencarnaram e foram importantes para vocês?

Alguma vez os sentiram à sua volta?
Julgam que isso é excesso de imaginação?

Não, não é. Abram os seus corações a este fato interdimensional; abram a sua intuição para terem a certeza de que estas sensações são reais. Estes seres amados estão realmente com vocês. Olham-nos desde um lugar que está acima das suas cabeças, literalmente, um pouco à esquerda. Agora, fazem parte de vocês — parte dos seus processos de pensamento — e alguns deles estão dizendo: «Te amo»; outros dizem: «Parabéns»; outros ainda estão surpreendidos por verificarem em que vocês se converteram.

Talvez tenham que ouvir isto agora, aqui... embora possa parecer estranho a alguns de vocês.

Podemos provar o que estamos dizendo? Não. Na sua 4ªD isto é impossível de provar. E, diga-se de passagem, não aceitaríamos que fosse de outra forma... porque a prova iria tirar o amor e o poder. É algo que precisa ser percebido para além do físico, de ser possuído em nível celular. Então, sim, será real. É como o amor: tentem provar que existe! Não podem. Só podem possuí-lo, experimentá-lo e saber, pessoalmente, que é real. Isto faz com que o amor também seja interdimensional.

O Adulto também é responsável por tomar decisões rituais: aquilo a que, no passado, se chamava «fazer votos». Em breve, como já afirmamos antes, voltarão a estar, freqüentemente, nesse novo estado (na Nova Energia), conscientes do xamã que existe dentro de vocês, representado pelas várias vidas em que foram monges, monjas e sacerdotes. Temos muitos desses, aqui na sala.

Já dissemos antes que é o Adulto que toma a decisão de se casar com Deus, de se concentrar em Deus, que toma o voto de celibato, o voto de estar sozinho, de ser pobre, de entregar toda a sua auto-estima. É o Adulto que faz tudo isto, que toma as decisões em relação a tudo o que seja correto.

Portanto, estes são os quatro atributos: despertar, contrato, responsabilidade e votos.

Quatro atributos entre os muitos outros que reconhecerão como pertencendo ao Adulto — uma das três energias do Ser Humano. Agora, ao analisá-los, verificarão que todos eles pertencem à estrutura. Se alguém está aqui vivendo a sua Criança — e, de certo, muitos estão — poderia dizer: «Esta é a parte realmente chata, não é verdade?» [Risos]

A Metáfora do Balde

Vamos à metáfora do balde, que representa a relação entre os três atributos, para que possam ver o panorama total, antes de dizermos o que falta. É importante que vejam o balde; tem a forma de cubo, como os baldes de praia das crianças. Assim, o balde propriamente dito é o Adulto, a parte «pai», a Estrutura. É o que permite que o resto exista. É a estrutura do balde.

O que está dentro do balde é o «Filho», ou a energia da Criança.
É a água!

E verão que a estrutura do balde contém a água para que não se derrame ou se perca. Em vez disso, é contida de uma forma lógica, matemática. O balde contém e mantém a água para que ela não se perca. Proporciona a possibilidade de a água existir, não é assim?

«E a parte espiritual?», perguntarão.
«Então, que parte do balde é o Ser Superior?»
Bem, essa parte é a asa e mão gigantesca que pega nele!

Assim, têm a Estrutura, Substância e Centelha — o Pai, o Filho e o Espírito Santo — Adulto, Criança e Ser Superior.

[Risos contidos]

Falemos agora da Centelha do «Três em Um».

Dirão: "Bem, Kryon, a Centelha é que tem o papel mais importante, não é? Afinal, é o que estamos estudando hoje". Não há, porém, uma parte mais importante. Há partes que convém conhecer melhor do que outras... e esta, se for o caso, é uma delas.

O Ser Superior é um dos temas que se ensinam mais freqüentemente, dentro do âmbito da energia de Kryon. Falamos da Centelha permanentemente, mas esta noite vamos focar outras coisas mais, que devem saber. Mas, primeiro, façamos uma primeira abordagem da Centelha.

O Ser Superior

Também ao Espírito, ou Ser Superior, daremos quatro atributos, ainda que haja outros. Um deles é a ligação com Deus, com o Espírito. Isto já foi dito antes, e vocês já sabem. Porque um dos atributos do Ser Superior está naquele ponto que liga o Ser Humano com o Ser Angélico. Foi para aprender isto que vocês vieram aqui.

Raros são aqueles que vieram para se informarem a respeito da Substância, da Criança interior. Não, quase todos pretendem saber sobre a Centelha, não é mesmo? A ironia é que isso é o que vocês são quando não estão aqui! Não é de admirar que se sintam interessados.

Já tinha dito isto a vocês antes, Trabalhadores da Luz, Faróis de Luz.

Não importa que idade tenham ou em que acreditem, não importa qual seja o seu caminho, não interessa quem julgam que são ou se creem que o que está a acontecendo é real ou não, a verdade é que voltarei a vê-los a todos, novamente. Um ou outro dirá: «Oh!, não verá, não, porque eu não vou voltar!» [Risos de Kryon] Lembrem-se disso quando estiver à sua frente, juntamente com os outros, e as suas gloriosas cores começarem a brilhar.

Lembrem-se do que dirão com toda a inocência, quando os felicitarmos e lhes dermos as boas-vindas de volta à Casa. Lembrem-se disso quando virem uma multidão de «familiares» aplaudindo (metaforicamente), quando sentirem o amor através das cores que lhes mostraremos, quando ouvirem as cores que lhes daremos e quando dissermos: «Sejam bem-vindos à Casa.»

Lembrem-se disso quando decidirem, com a mente de Deus, voltar tão depressa quanto seja possível para fazerem parte da Nova Terra.

Já os vi muitas vezes, quando entraram no grande Salão de Honra e nos cantaram o seu nome, em luz. Que celebração! Fazem alguma idéia do que seja isto? Não, não podem se lembrar. Se soubessem do que se trata, muitos partiriam imediatamente [Kryon ri para dentro].

Este é o trabalho, meus caros. Esta experiência do humano terreno é o trabalho. Bom... mas isso vocês já sabiam, não é verdade? É a Centelha que hoje vieram buscar. Nós sabemos da sua saudade da ligação com Deus.

A Centelha é, também, o atributo que permite ao Ser Humano encontrar a sua auto-estima. É a ligação com Deus que proporciona isso. Sabemos que, nesta sala, a auto-estima é um dos grandes desafios. É sempre assim, com os Trabalhadores da Luz... por causa dos muitos anos que passaram de joelhos, com os narizes colados aos altares!

Perguntar-se-ão: «Como farei para que a Centelha funcione? Eu não sou daqueles que, pela manhã, se olham no espelho e vêem o ser divino; não, com muita freqüência, vejo um Ser Humano com problemas, e que envelhece. Como posso eu atingir esse padrão? Como posso compreender isso? Onde está a resposta da auto-estima?»

No próximo item da explicação da Unidade/Trilogia, fornecerei o catalisador para a questão da auto-estima.

Por agora, diremos que, ainda que Pai/Adulto, Filho/Criança e Espírito/Ser Superior estejam inter relacionados, possuem atributos separados, independentes. Um deles é o desafio da auto-estima, que está relacionado com aquela parte do Ser Humano chamada Ser Superior. Se alguma vez já se perguntaram qual era o motivo dessa saudade interior, saiba que é isso mesmo.

Porém, ainda há outro: a paz verdadeira, sagrada, divina, a paz que não é passível de compreensão. Quando se diz isto, vocês se questionam: «Como se pode estar em paz, quando, à nossa volta, só há desordem?» Pois é através do Divino, através da Centelha. Esta é a mão que sustenta o balde, o Ser Superior. É o anjo que tem o seu nome.

Seja qual for a situação, nós prometemos paz quando, a maioria das vezes não há paz, uma paz acima das coisas que parecem não ter solução. Uma paz que lhes permite estar no meio da desordem e do drama e, no entanto, sentir a divindade de Deus, sabendo plenamente quem são. Sim, este é o trabalho do Ser Superior. Mas há mais.

Já falamos da ligação com Deus, da auto-estima e da paz divina.

O quarto atributo é aquilo a que podemos chamar de os milagres — a ação da Consciência sobre a matéria — a cura divina, a extensão da vida, harmonizando o corpo quando já tudo deixou de surtir efeito. Gostaria de me deter aqui, para lhes dizer que podemos falar destas coisas, queridos Humanos, sem nos emocionarmos ante vocês, tendo em vista os potenciais que estão sentados nestas cadeiras, fingindo que são Humanos, porque sabemos o que os trouxe aqui.

E vocês, leitores, fiquem sabendo que também estão incluídos nesta audiência.
Não percebem que também estão integrados no «agora»?
Pensam que estão lendo algo que já passou? Não!
Estão lendo sobre uma energia que está acontecendo!

Conhecemos as situações de algumas existências, mas queremos dizer que, na Terra, não há nada incurável. Nada é incurável! O seu sistema de pensamento em relação ao que pode lhes curar é arcaico, e, por isso, nunca chegam a compreender a elegância do Divino, dentro de vocês.

Sabiam que podem dirigir-se a certas células do seu corpo para as despertar?
Sabiam que a sua intenção pode trazer à manifestação a cura milagrosa?
Sabiam que podem curar a doença e viver mais tempo?
Querem saber como é?

Isso virá na terceira parte do que irei falar a seguir.
Mas, na realidade, tudo isso procede da Centelha, do Ser Superior.

Há informações que têm que ser transcritas, algo que já dissemos antes, mas que nunca se tornou público. Este é o ano de descobrimento do seguinte: dentro da estrutura celular humana irão encontrar coisas que nunca imaginaram que pudessem estar ali. Aqueles que estudam biologia humana, dizem que o corpo tem um número finito de certos tipos de células, especialmente o cérebro. Dizem que nasceram com um certo número de células nervosas, que vão morrendo progressivamente. [Risadinha]

Que pensamento!...
Que tal rejuvenescer, heim Humanos?
Isto faz sentido para vocês?

Bem, se são daqueles que duvidam, não têm razão para isso, pois, no corpo humano, há um mecanismo que autoriza um novo crescimento celular de tipo embrionário... ao longo de toda a vida. O seu DNA está programado para que este crescimento seja possível — uma capacidade que ainda não descobriram... mas é um potencial para este ano (para ser descoberto este ano).

Trata-se de células sem propósito... que estão à espera de um propósito.

No passado, perceberam que eram embrionárias e chamaram-lhes de «células-mães». Elas geram as células «com propósito», aquelas que irão dar origem às células cardíacas, cerebrais (nervos), musculares, ósseas, ao sistema imunológico e, inclusive, à glândula timo. Mas continuam ali, prontas e ocultas, sem se desenvolverem.

Com isto, estou explicando como ocorrem os milagres: há partes e componentes do seu corpo que estão à espera da intenção. Esperam que uma energia chamada compaixão as desperte, para crescerem onde vocês decidirem que devem crescer. A ciência irá voltar-se para a química para ativa-las, mas o catalisador real é a intenção (a Consciência).

Podem criar células cerebrais? Sim, podem!
Podem criar células ósseas? Sim, podem.

Será que tiveram conhecimento da ocorrência de curas milagrosas na Terra, de defeitos congênitos que foram alterados, de tecido ósseo que cresceu, e jamais poderia ter crescido, de nervos que se religaram a si mesmos... e outras coisas que nunca acreditaram que seriam possíveis?

Pois é a célula-mãe respondendo à intenção do Ser Humano!
Vocês chamam a isto de Divino, mas este é o mecanismo.

A sua ciência, este ano — potencialmente — descobrirá células-mãe adultas, vivas e prontas para se desenvolverem. Para cada uma que se desenvolver, outra se transformará em célula-mãe. Vocês não conseguirão esgotá-las. Para alguns de vocês, isto parecerá estranho, mas prestem atenção às vozes da ciência, porque este tema será falado brevemente. Estou dizendo isto, porque é assim...
E são boas notícias, não é verdade?

Há uma excelente metáfora para o que está acontecendo à sua biologia e à sua consciência. Vocês estão deslocando-se de um modelo que engloba o seu sistema imunológico para um modelo que integra o timo. Isto quer dizer o quê? Quer dizer que o sistema imunológico identifica o inimigo e trata de o combater; o timo identifica o inimigo e trata de se harmonizar com ele.

A passagem da luta para a harmonia é o tema do próximo período de 12 anos. Envolve a Consciência, a biologia, a política e, até, a física. Procurem a harmonia em todos os campos da ciência. Aí, então, as coisas começarão a fazer sentido e a se encaixarem umas nas outras.

A Criança

Chegou a vez da última parte da trilogia.

Vamos atribuir-lhe seis faculdades, embora esta não seja a mais importante; todas são importantes e devem estar equilibradas, inclusive, entre si. A Criança, no entanto, é o atributo menos compreendido. Não é fisicamente; não estamos aqui falando das crianças; estamos falando da energia da Criança, no Ser Humano, um dos itens da Trilogia interna, correspondente ao Filho. É disso que estamos falando.

Gostaria de dizer onde reside a parte do poder mais incrível da sua vida.
Muitos nunca atribuíram algumas destas faculdades à energia da Criança.
A água que está no balde pode ir a qualquer lado; quer sair, não é mesmo?
Mas, se o balde estiver amassado, a água escorrerá e acabará por perder-se completamente.
Deve ser, portanto, estruturada e rodeada por um sólido.

No entanto, é a Criança fluida que tem a imaginação. O Adulto está estruturado e detém a autoridade, mas é a Criança que tem a imaginação. O Anjo, enquanto parte do Ser Superior, tem a Centelha, tem a sua própria tarefa e tem os milagres; não tem a imaginação da Criança.

Essa é a parte que pertence a vocês, Seres Humanos. Vocês fazem parte do equilíbrio entre o Pai, o Filho e o Espírito, todos os quais são Deus — isso que vocês são. Imaginação!

Tudo é possível para a Criança, dentro de vocês.

Então, quando a Estrutura do balde diz: «Precisa ficar aí dentro», a imaginação da Criança responde: «Mas eu não quero! Não quero!»

A Criança em vocês é a responsável pela alegria.
Pensavam que a alegria procedia do Anjo?

Deixem-me dizer-lhes que estes dois pólos da Trilogia (Ser Superior e Criança) estão entrelaçados, mas é a Criança interior que tem que dar a intenção para haver alegria. Então, o Ser Superior (natureza divina) entra rapidamente para completar o processo.

É a sua Criança interior quem pede alegria, que quer rir.
Tudo isto faz parte do jogo!

Queridos Trabalhadores da Luz: se andam por aí com cara de poucos amigos, não conhecem este atributo. Se querem conhecer o catalisador para a Divindade, deixem-me que lhes diga um segredo: se querem ativar alguma das partes da Trilogia... ativem a Criança! Tratem de conhecê-la, porque é ela que tem a alegria e guarda o humor.

É a Criança em vocês que faz com que o Farol de Luz sorria...
E há muitos Faróis de Luz sérios! [Risos]

Emocionamo-nos com o potencial dos que aqui estão, neste momento, estes membros da Família que podem partir do planeta totalmente diferentes do que eram quando chegaram. Choramos de alegria.

Depois da imaginação e da alegria, aqui vai o terceiro atributo: suspensão da crença.

A Criança não tem um sistema de crenças. A fantasia anda à solta. Tudo é possível, possibilidades ilimitadas, ir a qualquer parte, fazer seja o que for. Este é o catalisador para o milagre.

É a Criança interior, desestruturada e inocente, perguntando: «Por que não?»

Quando falam de cura e de se livrar do que está envelhecendo em seu corpo, é a Criança interior perguntando: «Claro, por que não?»

O Adulto, que leva o balde, fala: «Você diz isso porque não sabe como as coisas funcionam!»

Ora, é o equilíbrio entre estes dois (Adulto e Criança) que permite que aquele «Por que não?» da Criança surja e crie o estado de espírito que só as chispas do Ser Superior podem proporcionar.

O quarto atributo é: dependência.

A Criança não seria nada sem o balde e a sua Estrutura. Passaria a vida a correr de um lado para o outro, incoerentemente. Não haveria nada dentro do balde; a Substância simplesmente partiria, acabaria por se evaporar e nada haveria. O Adulto está ali para contê-la, em amor e perfeição.

E a Criança estende-lhe as mãos alegremente, porque sabe que ali encontra a Estrutura e a segurança; sabe que dali vem o amor e o cuidado interno. No equilíbrio entre Criança e Adulto, ambos chamam um pelo outro. Sabiam?

O amor não ocorre com ambos discutindo; não ocorre quando o Adulto diz à Criança: «Fique calada, pois não percebe nada das coisas sérias!» O balde não comanda a Substância... cuida dela! O Adulto incorpora a Criança, a abraça e a alimenta. A Criança aceita o Adulto e diz: «Preciso desta Estrutura.» É um matrimônio para toda a vida.

Ora, quantos de vocês casaram, de fato, com a Criança?

Agora, chegou a vez de dois atributos surpreendentes: a intuição e a sabedoria.

Alguma vez passou por sua cabeça que estes fossem atributos da Criança? Acaso não deveriam ser do Adulto? Não. O Adulto é a Estrutura, mas a sabedoria provém da Criança flexível... porque é a Criança que tem as emoções! É a Criança que permite que as emoções passem a fazer parte de vocês mesmos e estejam presentes na compaixão, de que já falamos — esse gatilho interdimensional que desencadeia milagres.

É a Criança em vocês que desenvolve as emoções do contentamento, que, depois, se convertem em compaixão.Talvez não tenham pensado assim, quando estavam soterrados em problemas. Talvez não lhes tenha ocorrido, quando as coisas se puseram realmente sérias, quando precisaram de ajuda, quando não sabiam o que fazer. Talvez, nessas circunstâncias, não tenham considerado a Criança interior, talvez não se tenham sentido cheios de vida... Claro que não!

Mas é por causa disso mesmo que estamos aqui esta noite, para recordarem que essa parte — a Criança — está aqui e é o catalisador da Centelha.

O caminho mais rápido para o Ser Superior é através da Criança.

Já lhes dissemos inúmeras vezes que tentem isto e celebrem o desafio. Para quê? Para que se elevem até à alegria que só a Criança pode proporcionar, para começarem a se comunicar com a Centelha!

Adultos, vocês estão proporcionando a Estrutura e o amor para uma energia da Substância (a Criança), que é o catalisador para a ativação do Ser Superior. Adulto e Criança se casam, estão juntos e têm que estar equilibrados. Alguma vez lhes ocorreu que viriam a saber que a sabedoria vinha da energia da Criança? Pois é verdade.

E, assim, enquanto o Adulto tem a energia do despertar, como descrevemos, a Criança tem a Substância para fazer algo nesse sentido.

Isto explica a razão por que muitos dos Trabalhadores da Luz mais sérios têm tão pouco para mostrar em função dos seus esforços. Com freqüência fazem-se de vítimas, já que pouco se manifesta nas suas vidas. Convertem-se em «afilhados» de Deus e suportam um enorme drama espiritual. Também a esses celebramos, mas desejamos que encontrem o contentamento que merecem. Desejamos que descubram o próximo item.

E o sexto atributo, qual é?

Soará estranhamente como alguns, mas a verdade é que, para a Criança interior, não há barreiras. Tudo é possível! Mais do que a suspensão da crença, a Criança não vê nada que a limite quando olha para além da paisagem da sua mente. Nunca houve outro catalisador espiritual que não fosse este, porque é o responsável pela sua capacidade de visualizar um tempo, um lugar e uma energia que mudará a sua realidade. Tudo está relacionado.

Querem saber como obter a Centelha, meus queridos Humanos?
Desejam saber como podem mudar a sua realidade?
Pois então recorram à Criança fluída, flexível e sem barreiras.

Querem saber qual a energia que pode visualizar o tempo em que eram jovens?
Pois acabo de dizer qual é!

Esta energia também é o segredo para mudar a atual realidade do seu relógio biológico!

O corpo se move para frente, sem ajuda; é um motor imaculado que lhes levará através da vida, respeitando um atual modelo...que é antigo. A energia da Criança ativa a intenção e o poder de alterar essa situação! Quando a água ferve, a mão que sustenta o balde tem que reagir, não pode deixá-lo cair, tem que o acompanhar. Sem barreiras significa: tudo é possível!

Meus caros, permitam-me um exercício: imaginem que, neste momento, têm uma doença, um distúrbio no corpo ou um problema na estrutura celular. Peço que tomem essa Criança sem barreiras e visualizem um tempo da sua vida em que nenhum desses problemas se tinha desencadeado.

Quero que vejam a sua estrutura celular quando era fresca, perfeita e jovem.

Quero que sustentem essa visualização sem barreiras, porque o catalisador da Criança está trabalhando durante este tempo, ligando-se com a energia do Ser Superior.

Está dando início ao processo.

Eu disse que lhes contaria como a coisa funcionava. Pois é assim. A alegria e a imaginação da Criança desencadeiam o processo para que, a seguir, surja a Centelha para ativar a cura. Assim é, porque o que vocês visualizarem, podem ter.

Quanto mais forte for a visualização, mais forte será a sabedoria do sistema de crenças que visualizam, dentro da própria estrutura celular. E sentirão e possuirão o resultado. Muito rapidamente, as células se reconverterão realmente, retirando tudo o que está a mais, através da recordação do tempo em que tinham a estrutura original e, claro, despertando, inclusive, as células-mãe.

Isto é a cura; isto é o milagre.
Ocorre diariamente com os Faróis de Luz.

Há Faróis de Luz, aqui. Há Trabalhadores da Luz, aqui.
Há aqui curadores que praticam isto diariamente e ajudam outros a permanecer na Terra.
Os curadores não curam; os curadores equilibram! Vocês sabem.
Porque, quando equilibram outro Ser Humano, de certa forma, o corpo responde.

Este equilíbrio ajuda o outro a acessar à alegria da Criança interior, através da remoção de todas as barreiras e da suspensão da estrutura quadridimensional.

Aqui acaba o ensinamento, por hoje.
Não é o fim da energia, mas, por agora, é o fim do ensinamento.

Quantos de vocês gostariam de ir lá, a esse balde, e visitar a Substância da Criança?
Quantos quereriam olhar para as suas vidas e dizer: «Não há barreiras!»
Quantos adorariam se livrar das suas crenças?

Bom, então eu digo: recorram à Criança que ativará o Ser Superior em vocês, o Anjo em vocês..., e os milagres começarão. É aqui que, realmente, começa a se produzir o equilíbrio.

Queridos membros desta Família, o mais difícil para nós é deixá-los.
Não podemos fazê-lo até estarmos seguros de que entenderam claramente o que foi dito.
Os avatares do planeta não têm segredos milagrosos que vocês também não tenham.

Querem saber qual é o atributo de um avatar?

É a energia da Criança completamente desenvolvida e equilibrada.
É aí que está a Substância, porque essa é a via rápida para o Ser Superior.
É a suspensão das crenças.

Podem criar energia com as mãos? Podem alterar a física? Podem manipular o tempo?

Sim, podem fazê-lo. Cada um dos que estão aqui sentados. Olhem para os rostos dos avatares passados e atuais do planeta. Reparem, primeiro, no sorriso deles, no humor e na alegria. Depois, reparem nos milagres!

Casais presentes: gostariam que houvesse um vínculo mais forte entre vocês?
Pois deixem sair as suas Crianças para que brinquem juntas!

Ponham de lado a estrutura, por um instante. Esta ação energiza o Ser Superior e enche vocês de amor, compreensão, dando-lhes uma percepção equilibrada do que é importante. Algumas das barreiras que criaram para vocês mesmos, enquanto parcerias cairão e passarão a se ver, um ao outro, numa nova luz, outra vez.

Trabalhadores: o que é que fazem quando vão trabalhar e, todos os dias, se encontram com a «areia da sua ostra»? [Risos]

Os seus desentendimentos são pretextos maravilhosos; é um deslumbrante caldeirão de karma, não é?

Ser empurrado para perto de gente que nunca tolerou? [Risos]
Vocês pensam que é por acaso, não?
O que vão fazer com isso?

É a Criança que lhes dá o atributo do Ser Superior para que consigam estar em paz com isso. As coisas que os irritam flutuarão para longe.

Deixem-me recordar novamente um pormenor a respeito do karma: quando vocês retiram metade desse jogo, a outra metade desaparece juntamente com o «opositor». Esperem até ver a reação daqueles que fazem parte do seu drama, quando começarem a amá-los. Eles acionarão os mesmos velhos botões, mas isso não voltará a ter efeito sobre vocês. Tudo isto está presente no «ir para o trabalho», e no «voltar para casa e viver o dia a dia».

Caros Seres Humanos, não estaríamos aqui a lhes dar esta informação se ela não fosse comum para toda a Humanidade. Aplica-se a vocês, e está completamente dentro da energia e do amor de Deus. A Comitiva vai abandonar esta sala, depois de termos dado a informação que precisavam ouvir. A Comitiva abandona esta sala, mas não quer fazê-lo; gostaria de ficar e de brincar com todas as Crianças presentes.

Alguns de vocês sentiram uma intensa energia esta noite e o amor de Deus na sua vida; alguns sentiram o amor da Família a impressioná-los. Pois podem ir para casa e criar essa mesma sensação, sempre que o desejarem.

Vocês são um bocado do Todo!

Que a cura se inicie!
Que a Criança em vocês ative o Ser Superior dentro da estrutura do Adulto!
Que a alegria supere o drama!

E assim é.

Kryon


http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/vale-pena-ler-de-novo-o-catalizador-de.html

LUZ!
STELA

2 comentários:

  1. QUE MARAVILHA DE MENSAGEM. OBRIGADO KYON. OBRIGADO STELA.

    ResponderExcluir
  2. QUE MENSAGEM MARAVILHOSA. OBRIGADO KRYON. OBRIGADO STELA.

    ResponderExcluir